• Os meus Oscar Wilde Quick View
    • Os meus Oscar Wilde Quick View
    • Os meus Oscar Wilde

    • 14.00
    • Adicionar
    • ,
    • André Gide Sistema Solar 2020 | 9789898833549 | 152 pp. «Toda a verdade deixa de sê-lo, desde que haja mais do que uma pessoa a acreditar nela.» Uma das companhias preferidas de Oscar Wilde era lorde Alfred Douglas (que viria a ser Bosie na linguagem do seu afecto), rapaz de vinte e um anos, estudante no Magdalen College de Oxford com uma qualidade poética que os elogios de Wilde sobrevalorizavam, terceiro filho de um marquês grosseiro e brutamontes, de seu nome Queensberry. Wilde conheceu esse jovem na sua própria casa de Tite Street, apresentado por Lionel Johnson, um amigo que o trazia, encantado com uma recente leitura de Dorian Gray. «Depois de trocadas as habituais cortesias», veio Alfred Douglas a escrever, «Wilde mostrou-se muito amável e falou imenso. Antes de eu me retirar convidou-me para almoçar ou jantar com ele no seu clube — convite que aceitei.» Esta amizade intensificou-se. Wilde e Bosie começaram por fazer duas viagens juntos (uma a Florença,…
  • Garganta de aço Quick View
    • Garganta de aço Quick View
    • Garganta de aço

    • 20.90
    • Adicionar
    • ,
    • Garganta de aço - Contos completos I Mikhail Bulgakov E-Primatur 2020 | 9789898872388 | 432 pp. A faceta mal conhecida do grande clássico moderno russo. Entre nós Bulgakov é sobretudo conhecido pelo romance Margarida e o Mestre, uma vez que ao público português chegou apenas uma pequena parte de uma obra tão vasta quanto notável. A ficção curta de Bulgakov reflecte o espírito do seu tempo, bem como o país natal do escritor. No entanto, o registo destes contos, em grande parte inéditos em língua portuguesa, oscila entre as correntes de tradição clássica e as grandes vanguardas literárias internacionais.  Nos dois volumes que irão reunir a ficção curta completa de Bulgakov, os contos serão apresentados por ordem cronológica de publicação, revelando assim ao leitor o próprio percurso literário que o autor trilhou.  Estas breves narrativas são o retrato de uma Rússia envolta num turbilhão político e social, mas também numa febre de novas ideias e de escolas literárias ou artísticas. Os contos…
  • O Livro dos Abraços Quick View
    • O Livro dos Abraços Quick View
    • O Livro dos Abraços

    • 17.50
    • Adicionar
    • ,
    • Eduardo Galeano Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083177 | 288 pp. «Eu escrevo para aqueles que não me podem ler. Os de baixo, os que esperam há séculos na fila da história, os que não sabem ler ou não têm como.» Escrito no exílio e ilustrado pelo autor, O Livro dos Abraços reúne memórias e sonhos, fábulas que entrelaçam o real e o fantástico, crónicas indeléveis das trivialidades, das gentes e dos seus costumes, da política e dos seus mártires, do amor, da guerra e da paz. Fragmentos que celebram a diversidade, têm na memória do autor o seu fio condutor: «Recordar: do latim re-cordis, voltar a passar pelo coração.» Com uma extraordinária capacidade descritiva e um comovente pendor poético, escrevendo numa simplicidade desarmante, Eduardo Galeano dá voz aos amordaçados e estende um longo abraço aos resistentes – amaldiçoados pela economia, afugentados pela polícia, esquecidos pela cultura. O Livro dos Abraços é uma história alternativa da América Latina contada pelo mestre da narrativa breve, numa síntese…
  • Dias e noites de amor e de guerra Quick View
    • Dias e noites de amor e de guerra Quick View
    • Dias e noites de amor e de guerra

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Eduardo Galeano Antígona - Editores Refractários 2019 | 9789726083399 | 328 pp. O sistema que programa o computador que alarma o banqueiro que alerta o embaixador que janta com o general que adverte o presidente que intima o ministro que ameaça o director-geral que humilha o gerente que grita ao chefe que abusa do empregado que despreza o operário que maltrata a mulher que bate no filho que pontapeia o cão. Obra nascida da repressão no Uruguai, escrita durante o exílio do autor, Dias e Noites de Amor e de Guerra (1978, Prémio Casa de las Américas) é um poderoso testemunho do quotidiano em tempos de fascismo, da máquina do medo que silencia os povos e da coragem de quem recusou calar-se. Os contos e as crónicas de Eduardo Galeano são um espelho da sua própria vida: belos mas assombrosos, heterogéneos mas nunca dispersos, une-os a urgência da memória, a vontade de cristalizar os dias intermináveis e as noites em claro de quem, entre…
  • Mendigos e Altivos Quick View
    • Mendigos e Altivos Quick View
    • Mendigos e Altivos

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Albert Cossery Antígona - Editores Refractários 2020| 9789726083726 | 272 pp. «Quando os funcionários do Governo abriram as urnas, notaram que na maioria dos boletins de voto estava escrito o nome Bargute. Ora os ditos funcionários não conheciam tal nome, que não figurava na lista de nenhum partido. Inquietos, logo se puseram à cata de informações; e acabaram por saber, pasmados de todo, que Bargute era o nome dum burro por quem toda a gente da aldeia nutria muita estima, por via da sabedoria do animal. É claro, não foi eleito. Estás tu a ver, um burro de quatro patas! O que eles queriam, lá os do Governo, era um burro só de duas patas.» Mendigos e Altivos, romance de 1955, é considerado a obra--prima de Albert Cossery, e foi objecto de três adaptações: duas ao cinema e uma em banda desenhada. Mendigo por decisão própria, Gohar, ex-professor universitário de Literatura e Filosofia, conduz-nos, através das ruas do Cairo e das ciladas…
  • Solaris Quick View
    • Solaris Quick View
    • Solaris

    • 16.00
    • Adicionar
    • ,
    • Stanislaw Lem Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083962 | 272 pp. O Homem partiu em busca de outros mundos, de outras civilizações, sem conhecer inteiramente os seus próprios recantos, os seus becos sem saída e abismos, e sem saber o que está por detrás das suas portas negras. Em tradução directa do polaco, Solaris (1961) é uma das obras de ficção científica mais complexas e filosóficas, e consagraria Stanisław Lem (1926-2006) como autor de culto. Publicado em Varsóvia, em pleno regime comunista, e adaptado ao cinema por Andrei Tarkovski, em 1972, e Steven Soderbergh, em 2002, é dominado por um imenso e enigmático oceano planetário, capaz de controlar as emoções e as memórias de exploradores à beira da loucura, isolados numa estação espacial. Neste romance psicológico sobre a incomunicabilidade, a angústia face ao insondável e a incapacidade humana de lidar com o desconhecido sem causar destruição, Stanisław Lem leva-nos a um planeta distante para revelar os eternos abismos e buracos negros…
  • Homens na Prisão Quick View
    • Homens na Prisão Quick View
    • Homens na Prisão

    • 16.90
    • Adicionar
    • ,
    • Victor Serge E-Primatur | 2020 Reinventar o mundo paga-se caro, muito caro. Inspirado, como quase todos os restantes livros do autor, na sua experiência de vida, Homens na Prisão é o relato do que aconteceu aos jovens que integravam os grupos anarquistas na França do começo do século XX. Serge, filho de expatriados russos a viver em França, fez parte desses grupos anarquistas, grupos de jovens cansados do mundo em que viviam com as suas hipocrisias e a sua corrupção. Jovens que sonhavam mudar o mundo. Serge foi preso e também sobre ele incidiu um sistema prisional decidido a vergar os homens às morais vigentes. Este romance é a história desses homens em luta contra um sistema. Anos mais tarde, Serge juntou-se aos bolcheviques e ao partido comunista. Também aí a sua vontade era mudar o mundo, também aí essa vontade lhe valeu a prisão. Este é o contexto do romance. O romance dos homens que acreditam no seu poder para transformar…
  • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias Quick View
    • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias Quick View
    • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias

    • 13.90
    • Adicionar
    • ,
    • Ali Duaji E-Primatur 2020 | 9789898872272 | 136 pp. A mais importante novela (1935) de um dos grandes renovadores da moderna literatura árabe que antecipam, de certa forma, Kerouac ou Bukowski numa realidade completamente diferente. Inspirada numa viagem empreendida pelo grande escritor tunisino no ano de 1933, a novela que dá título a este volume relata a jornada do autor e dos seus companheiros por vários portos do Mediterrâneo. O percurso, feito maioritariamente de barco, mas também de camioneta em curtas excursões por terra, começa na travessia entre Tunes e a Córsega, e, segundo as palavras do autor, leva-o a deparar-se com «um tremendo sinal de interrogação que começa em França, passa por Itália, Grécia, Turquia e Levante, e cujo ponto é a cidade de Alexandria, a última e a mais importante desta nossa viagem». No entanto, o livro termina a narrativa deste périplo na cidade de Esmirna, na Turquia, não sendo claro por que razão o autor não quis avançar mais.…
  • Terra e Liberdade Quick View
  • O que resta da nossa vida Quick View
  • Rapariga, Mulher, Outra Quick View
    • Rapariga, Mulher, Outra Quick View
    • Rapariga, Mulher, Outra

    • 21.98
    • Adicionar
    • ,
    • Bernardine Evaristo Elsinore 2020 | 9789896232894 | 480 pp. Vencedor do Booker Prize 2019 Livro do Ano e Autor do Ano do British Book Awards 2020 As doze personagens centrais deste romance a várias vozes levam vidas muito diferentes: desde Amma, uma dramaturga cujo trabalho artístico frequentemente explora a sua identidade lésbica negra, à sua amiga de infância, Shirley, professora, exausta de décadas de trabalho nas escolas subfinanciadas de Londres; a Carole, uma das ex-alunas de Shirley, agora uma bem-sucedida gestora de fundos de investimento, ou a mãe desta, Bummi, uma empregada doméstica que se preocupa com o renegar das raízes africanas por parte da filha. Quase todas elas mulheres, negras e, de uma maneira ou de outra, resultado do legado do império colonial britânico. As suas histórias, a das suas famílias, amigos e amantes, compõem um retrato multifacetado e realista dos nossos dias, de uma sociedade multicultural que se confronta com a herança do seu passado e luta contra as contradições…
  • Uma questão privada Quick View
    • Uma questão privada Quick View
    • Uma questão privada

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Beppe Finoglio Edições Saguão 2012 | 9789895483129 | 176 pp. «— Não percebes que dura há demasiado tempo? Que nos habituámos a morrer e as raparigas se habituaram a ver-nos mortos?» O romance Una questione privata foi publicado pela primeira vez em Abril de 1963, dois meses após o falecimento do autor, juntamente com Un giorno di fuoco, pela Garzanti. Embora a redacção do romance tenha começado em 1960 e continuado até finais de 1961 (conforme as testemunhas epistolares do próprio Fenoglio), a seguir a essa data não há mais referências directas do autor a esta obra, acabando por ficar inédita durante a sua vida. Sobre este romance Italo Calvino escreveu que: «O romance Uma questão privada é construído com a tensão geométrica de um romance de loucura amorosa e perseguição cavalheiresca como Orlando Furioso, e ao mesmo tempo é a Resistência tal como era, por dentro e por fora, verdadeira como jamais foi descrita, preservada durante tantos anos por memória fiel,…