A absolvição

18.80

Yrsa Sigurdardóttir

Quetzal

2021 | 9789897224577 | 432 pp.
Todos viram o filme no Snapchat: a vítima aterrorizada a pedir perdão. Depois, nas câmaras de segurança do cinema, a polícia observou um encapuzado a arrastar o corpo da rapariga para o exterior, através da porta das traseiras. Estaria ela morta? Muito provavelmente. Quando, por fim, o cadáver foi encontrado, este estava marcado com um número – o 2. O detetive Huldar, da polícia de Reiquejavique, foi chamado a integrar a investigação. E Freyja, a psicóloga que faz dupla com ele em várias investigações, foi igualmente convocada para entrevistar as amigas adolescentes da vítima.