• Dobra Quick View
    • Dobra Quick View
    • Dobra

    • 44.00
    • Adicionar
    • Adília Lopes Assírio & Alvim 2021 | 9789723721782 | 1016 pp. Dobra reúne todos os livros de poesia de Adília Lopes. Como consequência, a nova edição que agora se apresenta foi ampliada e passa a incluir toda a obra poética publicada da autora, até fevereiro de 2021. Edição encadernada. «A poesia de Adília Lopes é uma estação fundamental e singular no percurso da poesia portuguesa desde os anos 80. o seu grande triunfo consistiu em renunciar completamente ao lirismo e às suas tonalidades afectivas, mantendo uma densidade que advém da exploração linguística, em todos os níveis.» (António Guerreiro, Expresso) EXCERTOS «HAVERÁ UMA BELEZA QUE NOS SALVE?» «Não, não há uma beleza que nos salve. Só a bondade nos salva. E a bondade manifesta-se, por vezes, no meio da maior fealdade. Explico-me. Uma pessoa capaz de actos de bondade, uma pessoa com bom coração, pode ter uma cara que é considerada feia, pode vestir-se de uma maneira que é considerada pirosa, pode ter tido…
  • Divina Comédia Quick View
    • Divina Comédia Quick View
    • Divina Comédia

    • 43.00
    • Adicionar
    • Dante Alighieri INCM 20201 | 9789722727877 | 992 pp. A Divina Comédia de Dante Alighieri, escrita nas duas décadas iniciais do século XIV, é dos poemas que bem podemos canonizar como uma criação intemporal do génio humano. A viagem que narra pelas três condições da eternidade cristã, Inferno, Purgatório e Paraíso, é uma maravilhosa aventura de história e profecia, pensamento, sentimentos e emoções, a que raramente, ou talvez nunca, a poesia soube ascender. O tradutor procurou transparecer fielmente as riquíssimas virtudes e valores expressivos da terza rima original, supondo o texto que Dante escreveria tendo usado a língua portuguesa.» (Da contracapa.)
  • Vida Nova. Rimas Quick View
    • Vida Nova. Rimas Quick View
    • Vida Nova. Rimas

    • 30.00
    • Adicionar
    • Dante Alighieri INCM | 2020 «Com Dante Alighieri (1265-1321) nasceu uma maneira nova de falar de amor e da dor de amar, talvez o maior legado do poeta italiano à tradição literária universal. Conhecido por ser o autor da suprema Divina Comédia, Dante produziu muito mais. A Imprensa Nacional dá-lhe agora a oportunidade de ler em português as obras Vida Nova e Rimas, em duas traduções de Jorge Vaz de Carvalho e António Mega Ferreira, respectivamente.»
  • A Presa Quick View
    • A Presa Quick View
    • A Presa

    • 14.99
    • Adicionar
    • ,
    • Irène Némirovsky Cavalo de Ferro 2021 | 9789895647033 | 192 pp. «Uma sucessora de Dostoiévski.» — The New York Times Jean-Luc Daguerne é um jovem ambicioso que, desprovido de tudo, sonha agarrar o mundo com as duas mãos. Mas a velha ordem que o rodeia está em colapso devido a uma crise sem precedentes: o dinheiro já não é seguro, o sucesso já não dimana apenas do trabalho. Para subir na vida, há que entrar nos meandros do poder e da política. Ao casar-se com Édith Sarlat, filha de um importante banqueiro, Daguerne parece finalmente conquistar as tão desejadas alegrias do sucesso e da ambição. Porém, depressa se emaranha numa teia de mentiras, vinganças e traições, e o que outrora parecia um belo sonho não é mais do que uma realidade sórdida e mesquinha que de predador acabará por transformá-lo em presa. Publicado em 1938, A Presa é um romance trágico, com ecos stendhalianos, que narra a ascensão e queda de um…
  • Ser Moderno…Em Portugal Quick View
    • Ser Moderno…Em Portugal Quick View
    • Ser Moderno…Em Portugal

    • 18.00
    • Adicionar
    • Ernesto de Sousa Edições do Saguão 2021 | 9789895483174 | 316 pp. «O trabalho de organização desta colectânea de textos de José Ernesto de Sousa decorreu entre 1995 e 1997. A primeira publicação aconteceu pela mão da editora Assírio & Alvim em 1998 . Passados sensivelmente 23 anos, [...]as Edições do Saguão apresentam a presente reedição que acontece no centenário do nascimento de Ernesto de Sousa. Trata-se portanto, antes de mais, de uma homenagem [...] ao heterogéneo autor, designadamente na sua vertente reflexiva em torno de tópicos da crítica, da filosofia de arte, da estética ou daquilo a que vale a pena chamar uma política da arte [...] Estamos convictos de que para um conhecimento — muito mais vasto do que anteriormente — da obra de Ernesto de Sousa contribuiu no tempo adequado e em assinalável medida a primeira edição de Ser moderno… em Portugal. Organizadores e editores, estamos certos de que esta segunda edição fará com que a eficácia da publicação de…
  • Herbário Júlio Dinis – Filices Quick View
    • Herbário Júlio Dinis – Filices Quick View
    • Herbário Júlio Dinis – Filices

    • 35.00
    • Adicionar
    • Júlio Dinis Documenta 2021 | 9789899006959 | 96 pp. José Tolentino Mendonça: «Esta Colecção dos Fetos, Equisetos e Lycopodios da Flora Madeirense é, naturalmente, um herbário, mas também é mais do que isso. Deve ser lido, para todos os efeitos, como um testamento.» Um abismo. O herbário é o memento mori de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, de Júlio Dinis. Espantar-nos-á sempre a emergência de objectos artísticos como este, na exacta medida em que sendo raros, escondidos, votados à escuridão, destinados a permanecerem ocultos, são-nos um dia revelados — fatalmente fora de tempo, já sem a mediação do seu autor — como uma aparição que consubstancia gestos secretos mas palpáveis. Fantasmagoria, objecto que releva quase da magia na forma como desafia as leis naturais e a passagem do tempo, feito pelas próprias mãos do escritor, do artista — sim, porque se trata de uma obra de artista e não de botânico —, as pranchas do Herbário de Júlio Dinis são o toque, o tacto que nos faltava…
  • Capitalismo em Quarentena Quick View
    • Capitalismo em Quarentena Quick View
    • Capitalismo em Quarentena

    • 15.00
    • Adicionar
    • Capitalismo em Quarentena - Notas Sobre a Crise Global AA VV Antígona 2021 | 9789726084006 | 144 pp. O novo coronavírus criou uma crise sem precedentes. A epidemia, que nos faz «escolher entre a bolsa e a vida» e «não é uma interrupção temporária da normalidade, mas a expressão mais concentrada dessa absurda normalidade», disseminou-se a um ritmo avassalador, bloqueou a economia mundial e confinou populações numa escala planetária. Não só despertou o lado negro das sociedades capitalistas e a sua tentação de recorrerem a arsenais de vigilância de contornos distópicos, como revelou o valor atribuído à vida humana por apologistas do darwinismo social em tempos pandémicos. Ao traçarem os contornos de um mundo estagnado e atolado no sobreendividamento, os autores de Capitalismo em Quarentena reflectem sobre as relações entre Estado e economia, saúde e lucro, normalidade e estado de excepção, à luz da crítica do valor e da marcha inexorável do capitalismo rumo ao colapso estrutural e ambiental.
  • Ensaios Um Quick View
    • Ensaios Um Quick View
    • Ensaios Um

    • 23.00
    • Adicionar
    • Lydia Davis Bazarov 20121 | 9789899025035 | 464 pp. Neste primeiro de dois volumes, os temas de Davis viajam entre as suas influências iniciais até aos seus contos favoritos, da tradução de Rimbaud por John Ashbery à pintura de Alan Cote, do Salmo do Bom Pastor a fotografias antigas enquanto turista. Em exibição neste livro está o desenvolvimento e e capacidade de uma das mais claras e capazes mentes a escrever nestes dias.
  • Os Demónios Quick View
    • Os Demónios Quick View
    • Os Demónios

    • 25.24
    • Adicionar
    • ,
    • Fiódor Dostoievsky Relógio d`Àgua 2010 | 9789896411534 | 624 pp. Verkhovenski e Stavróguin são os líderes de uma célula revolucionária russa. O seu objectivo é derrubar o governo, destruir a sociedade e tomar o poder. Mas quando o grupo está prestes a ser descoberto uma questão se coloca. Estarão os seus elementos dispostos a matar-se uns aos outros para encobrir o seu rasto? O romance baseia-se, em parte, na história de um estudante assassinado pelos seus colegas revolucionários. Mas é também uma descrição da Rússia do século XIX e uma acusação contra os que usam a violência em nome dos seus princípios. Tolerado por Lenine, banido por Estaline, cujo regime parece ter antecipadamente previsto, Dostoievski só seria redescoberto na URSS a partir dos anos 60 do século XX. É que a extrema atenção com que o autor de Os Demónios seguia os acontecimentos da sua época permitiu-lhe prever os excessos e sofrimentos para que o seu país caminhava.
  • Bucólicas Quick View
    • Bucólicas Quick View
    • Bucólicas

    • 19.90
    • Adicionar
    • Vergílio Quetzal 2021 | 9789897227462 |  352 pp. As Bucólicas são um dos grandes textos fundadores do lirismo latino. Edição bilingue e comentada. Um acontecimento cultural. As Bucólicas são, na linha do tempo, o primeiro grande poema de Vergílio e, na realidade, os mais intraduzíveis de todos os textos poéticos. A beleza do verso vergiliano (que, em latim, é música ao nível de Mozart) evapora-se por completo noutra língua. Além da beleza do texto – que se pode dizer que inventou o «latim poético» –, trata-se de poesia de primeira água, luminosa e fundadora de uma grande tradição ocidental de expressão poética. Esta edição reproduz a sua tradução, em verso, e o original latino. Apresenta, além disso, uma preciosa introdução e notas de Frederico Lourenço.
  • Vista Chinesa Quick View
    • Vista Chinesa Quick View
    • Vista Chinesa

    • 14.99
    • Adicionar
    • ,
    • Tatiana Salem Levy Elsinore 2021 | 9789895646067 | 128 pp. Autora multipremiada, vencedora do Prémio São Paulo de Literatura, do English Pen Award e finalista do prémio Jabuti. Antes de uma reunião de trabalho, Júlia sai de tarde para correr e, enquanto sobe o trajeto para a Vista Chinesa, o famoso miradouro no parque natural da Tijuca, em plena cidade do Rio de Janeiro, desligada do mundo e de headphones nos ouvidos, um homem de mãos enluvadas surge repentinamente, encosta uma pistola na cabeça dela e arrasta-a para o meio da mata. Júlia é violada. Sobrevive. Anos depois, já mãe, recorda o horror vivido e as sequelas daquela terça-feira de 2014 — a dor, a raiva, o medo de acusar um inocente e a força redentora da vida que continua. «A partir do momento em que começamos a ler, já não é possível parar. Uma poderosa celebração da vida. Pode pedir-se mais da literatura?» — José Eduardo Agualusa Relato de uma história real de…
  • Encontros com Livros Quick View
    • Encontros com Livros Quick View
    • Encontros com Livros

    • 15.00
    • Adicionar
    • Stefan Zweig Relógio d`Água 2021 | 9789897831652 | 112 pp. Stefan Zweig fala-nos aqui, combinando análise literária com a vida dos autores, de Goethe, Sigmund Freud, Thomas Mann e Honoré de Balzac. O seu artigo sobre As Mil e Uma Noites é uma abordagem original que ficará certamente na memória dos que o leiam. Stefan Zweig conheceu pessoalmente ou correspondeu-se com os maiores romancistas do seu tempo e também com o próprio Freud. A sua relação com os livros está condensada no texto inicial desta obra, «O Livro como Acesso ao Mundo».
  • Os Condenados da Terra Quick View
    • Os Condenados da Terra Quick View
    • Os Condenados da Terra

    • 16.00
    • Adicionar
    • Frantz Fanon Letra Livre 2021 |9789898268488 | 352vpp. «Composto de cinco capítulos, que continuam as problemáticas de livros anteriores, (especialmente Pele Negra, Máscaras Brancas), Os Condenados da Terra parece ser, de facto, um livro testamentário, sobretudo tendo em conta o seu momento de escrita. Assim, a alienação cultural e seus traumas, a internalização da dominação (hoje falar-se-ia de subalternidade) e suas consequências na fragmentação da cultura nacional (cuja existência Fanon recusa em situação colonial pois considera que esta paralisa na sua totalidade a cultura nacional), a relação entre cultura nacional e lutas de libertação, as ideologias nacionalistas e seus equívocos, os programas (mínimos e máximos) dos movimentos nacionalistas e seus falhanços, o modus operandi monolítico dos poderes pós-coloniais e suas semelhanças com o poder colonial, o papel da burguesia e da “nova” elite, as ideologias dos nacionalistas africanos (que Fanon considera terem sido importadas), as ambiguidades do “intelectual colonizado”, as frustrações do ex-colonizado face ao novo país são matéria de Os Condenados da Terra: uma análise multi…
  • O Sono Desliza Perfumado Quick View
    • O Sono Desliza Perfumado Quick View
    • O Sono Desliza Perfumado

    • 35.00
    • Adicionar
    • O Sono Desliza Perfumado - Publicidade ilustrada Jorge Silva Abysmo 2018 | 9789895401802 | 240 pp. Do prefácio: "Pedaços de uma História da publicidade comercial sem princípio, meio e fim, revelam a vitalidade da ilustração portuguesa, a partir dos muitos milhares de páginas impressas que sustentaram os sonhos dos leitores e a independência de revistas, jornais e almanaques. Numa relação estreita com o jornalismo e as notícias, a publicidade sempre foi uma outra maneira de contar o Mundo. A viagem percorre, a alta velocidade, as primeiras seis décadas do século vinte, visitando anúncios que, se hoje nos fazem sorrir ou indignar, foram espelho fiel do seu tempo, cúmplices e motor do progresso tecnológico dos meios de reprodução, do desenvolvimento do comércio, indústria e cultura. Designers, pintores, ilustradores e arquitetos deram o melhor do seu talento à publicidade. Desenhada por mestres que amamos ou por artífices anónimos perdidos no tempo, passa por aqui alguma da melhor ilustração do século vinte." Organizados em torno…
  • O Ser e o Nada Quick View
    • O Ser e o Nada Quick View
    • O Ser e o Nada

    • 39.90
    • Adicionar
    • O Ser e o Nada - Ensaio de Ontologia Fenomenológica Jean-Paul Sartre Edições 70 2021 | 9789724424101 | 748 pp. O Ser e o Nada (1943), escrito durante a ocupação nazi, é um dos textos fundamentais do século XX. O livro que marcou como nenhum outro uma época a braços com o desmoronamento de uma civilização é ao mesmo tempo a bíblia do existencialismo e o último grande sistema filosófico. Para Sartre, o sentido das nossas vidas não é predeterminado nem por Deus nem pela natureza, não há nenhuma essência que preceda a existência: o que nos define não é dado a priori, mas decorre das escolhas que fizermos. Primeiro existimos, e só depois nos definimos. Não existe natureza humana à qual tenhamos irresistivelmente de obedecer: estamos condenados a ser livres e somos os únicos responsáveis pelos nossos destinos. No âmago destas posições, está a conceção sartriana de consciência, influenciada pela fenomenologia de Husserl e pela ontologia de Heidegger. Como a consciência…
  • Acabar com Eddy Bellegueule Quick View
    • Acabar com Eddy Bellegueule Quick View
    • Acabar com Eddy Bellegueule

    • 18.55
    • Adicionar
    • Édouard Louis Editora Fumo 9789899925403 | 212 pp. Neste seu primeiro romance, escrito quando tinha dezanove anos, Édouard Louis conta a infância e adolescência de Eddy Bellegueule, filho de uma família operária, pobre, do norte de França de finais de 1990. Exibindo de maneira evidente a sua dimensão autobiográfica – o que o tornou polémico, escandaloso e permitiu que se dissesse que, com ele, o seu autor tinha cometido uma traição de classe – «Acabar com Eddy Bellegueule» é a história, contada na primeira pessoa, de um rapaz que sofre na escola, na família e no meio em que vive, a humilhação e a violência verbal e física. Fugir desse meio, onde o racismo, a homofobia e a violência social se reproduzem por força de regras e discursos que não admitem desvios, é o que orienta o percurso de aprendizagem do jovem Eddy. Tanto quanto a história de uma experiência pessoal, este romance tematiza as questões da reprodução social e do exercício…
  • Artistas Plásticas em Portugal Quick View
    • Artistas Plásticas em Portugal Quick View
    • Artistas Plásticas em Portugal

    • 25.00
    • Adicionar
    • Sandra Leandro Minotauro 2020 | 9789725594155 | 384 pp. São raros os livros dedicados a mulheres artistas em Portugal. Oferecendo-nos uma notável antologia visual, esta obra vem contrariar essa escassez, reunindo um conjunto de estudos ímpares, resultantes de investigação realizada por autores prestigiados, que nos mostram o que de mais criativo se fez e vai fazendo. OS AUTORES: Sandra Leandro, Mariana Roquette Teixeira, Sandra Vieira Jürgens, Ana Raquel Gouveia, José-Luís Porfírio, Emília Ferreira, Raquel Henriques da Silva, Hilda Moreira de Frias, Isabel Nogueira, Maria João Gamito, Paulo Simões Nunes, Laura Castro. AS ARTISTAS ANALISADAS E RETRATADAS: Maria Augusta Bordalo Pinheiro, Ana Hatherly, Lourdes Castro, Helena Almeida, Ana Vieira, Maria Beatriz, Maria José Oliveira, Ana Jotta, Graça Pereira Coutinho, Luísa Cunha, Gabriela Albergaria, Cristina Mateus.
  • O que é arte? Uma conversa com Joseph Beuys Quick View
    • O que é arte? Uma conversa com Joseph Beuys Quick View
    • O que é arte? Uma conversa com Joseph Beuys

    • 17.00
    • Adicionar
    • Volker Harlan Orfeu Negro 2021 | 9789899071063 | 272 pp. O conceito de arte tem de substituir o degenerado conceito de capital. A arte é, em boa verdade, o capital concreto, e isso tem de se tornar consciente. O QUE É ARTE? — UMA CONVERSA COM JOSEPH BEUYS traz-nos a voz de um dos mais influentes artistas do século xx. Joseph Beuys sintetiza nesta «conversa de oficina» (assim apresentada no subtítulo da edição alemã) alguns dos pressupostos centrais do seu trabalho, as motivações e percepções subjacentes ao conceito de «escultura social» e a sua concepção ampliada de arte. O diálogo — entre vários participantes e ao longo do dia 23 de Abril de 1979 — explora a ideia de uma arte indissociável de todas as formas de vida, baseada no pensamento crítico do capitalismo e da democracia, e engloba reflexões sobre ecologia, política e novas formas de dinheiro.
  • Zonas de Baixa Pressão Quick View
    • Zonas de Baixa Pressão Quick View
    • Zonas de Baixa Pressão

    • 19.90
    • Adicionar
    • António Guerreiro Edições 70 2021 | 9789724424651 | 500 pp. Publicadas originalmente no suplemento Ípsilon do jornal Público, as crónicas reunidas neste livro, de um modo geral, reivindicam uma condição de autonomia em relação à circunstância imediata na qual quase sempre tiveram origem: são micro-ensaios que praticam o nomadismo próprio da disposição teórica e que circulam livremente, desdenhando das fronteiras disciplinares, por territórios que constituem a nossa actualidade, tendo, regra geral, como guia conhecimentos e conceitos das chamadas ciências sociais e humanas. A ligação directa ao presente, de modo a apreender na contingência e no quotidiano aquilo que dá forma ao nosso tempo e nos permite nomear a época de que somos contemporâneos, é a marca mais saliente destes textos. No seu conjunto, eles vão descrevendo as tonalidades epocais, a partir de «sintomas» amplificados pelos media ou de manifestações de superfície.
  • Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e poesia Quick View
    • Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e poesia Quick View
    • Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e poesia

    • 18.00
    • Adicionar
    • G. E. Lessing Antígona 2021 | 9789726083672 | 320 pp. Laocoonte arrancou-nos à desajeitada região da intuição para entrarmos nos livres territórios celestiais do pensamento. (Goethe) Laocoonte ou sobre as Fronteiras da Pintura e Poesia (1766), obra fundadora da estética moderna, moldou desde a sua publicação debates em torno da crítica e da teoria da percepção, influenciando áreas como a teoria da literatura e a história de arte. Estudo sobre o famoso grupo escultórico, provavelmente do século II a.C. — que retrata o suplício do sacerdote troiano e dos seus filhos, episódio narrado por Vergílio na Eneida —, Laocoonte foi um dos primeiros ensaios a abordar a natureza da poesia, como arte do tempo, e da pintura, como arte do espaço, traçando os seus limites, diferenças e domínios específicos, ao mesmo tempo que operou uma verdadeira libertação do ut pictura poesis horaciano.
  • A Colina Que Subimos – Um poema inaugural Quick View
    • A Colina Que Subimos – Um poema inaugural Quick View
    • A Colina Que Subimos – Um poema inaugural

    • 10.90
    • Adicionar
    • Amanda Gorman Editorial Presença 2021 | 9789722367455 | 64 pp. A 20 de janeiro de 2021, Amanda Gorman tornou-se a sexta e mais jovem poeta a ler um poema na tomada de posse presidencial. Depois do discurso do 46º presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, Amanda subiu ao palco e conquistou o país e o mundo. A Colina Que Subimos - Um poema inaugural pode agora ser lido e partilhado nesta edição bilingue, com tradução de Carla Fernandes. Um livro para oferecer, ler e reler, que celebra a promessa da América e afirma o poder da poesia.
  • Pão seco Quick View
    • Pão seco Quick View
    • Pão seco

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Muhammad Chukri Antigona. 2021 2021 | 9789726083849 | 208 pp. «Ergui a cabeça para o céu. É mais nu que a terra.» Quando a fome grassa no Rife, uma família parte para Tânger em busca de uma vida melhor. Nas noites passadas ao relento, nos becos da cidade, o pequeno Muhammad, orgulhoso e insolente, descobre a injustiça e a compaixão, a tirania da autoridade, a loucura labiríntica da miséria, o consolo das drogas, do sexo e do álcool. E é na prisão que um companheiro lhe desvenda as maravilhas da leitura, mudando para sempre a sua vida. Estreia do autor em Portugal, em tradução directa do árabe, «Verdadeiro documento do desespero humano» (Tennessee Williams), obra de culto proibida até recentemente nos países árabes por tocar em tabus da sociedade magrebina, este avassalador romance autobiográfico consagrou o autor e continua a iluminar o caminho de várias gerações de renegados marroquinos.
  • Intervenções Quick View
    • Intervenções Quick View
    • Intervenções

    • 20.90
    • Adicionar
    • Michel Houllebecq Alfaguara 2021 | 9789897842078 | 384 Literatura, religião, fé, arte, filosofia, feminismo, conservadorismo, amor neste volume de textos, Michel Houellebecq regressa aos temas que sempre lhe interessaram, para dar a conhecer os pontos de vista que o têm celebrizado: frequentemente polémicos, quase sempre provocadores, sempre estimulantes. Neste primeiro livro de opinião publicado em Portugal onde encontramos o escritor a fazer um elogio a Trump ou numa conversa íntima com um amigo escritor, a defender o conservadorismo moderado ou a exaltar a literatura e o amor, temos um Michel Houellebecq mais directo, mais despido do filtro da ficção, sempre fascinante. Vemos um homem que calha ser um dos escritores mais relevantes do presente de pensamento absolutamente livre, impossível de definir com rótulos simplistas, um analista implacável daquilo a que chama a comunidade humana.
  • De Noite Todo o Sangue é Negro Quick View
    • De Noite Todo o Sangue é Negro Quick View
    • De Noite Todo o Sangue é Negro

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • David Diop Relógio d`Água 2021 | 9789897831638 | 128 PP. Numa manhã da Primeira Guerra Mundial, o capitão Armand comanda o ataque contra o inimigo alemão. Os soldados avançam. Entre eles estão Alfa Ndiaye e Mademba Diop, dois atiradores senegaleses que combatem sob a bandeira francesa. Alguns metros à frente da trincheira de onde saiu, Mademba Diop cai ferido de morte sob o olhar de Alfa, seu amigo de infância e mais do que irmão. Alfa vê-se sozinho no meio do caos do grande massacre das trincheiras, e a sua mente é abalada. Ele, ainda há pouco um camponês africano, vai distribuir a morte numa terra desconhecida. Espalha a violência e semeia o terror, a ponto de amedrontar os próprios camaradas. Deslocado para a Retaguarda, recorda o seu passado em África, um mundo ao mesmo tempo perdido e ressuscitado, cuja evocação é, só por si, um ato de resistência à primeira grande carnificina da era moderna.
  • FAHRENHEITT 451 – Novela Gráfica Quick View
    • FAHRENHEITT 451 – Novela Gráfica Quick View
    • FAHRENHEITT 451 – Novela Gráfica

    • 17.00
    • Adicionar
    • ,
    • Ray Bradbury e Tim Hamilton Relógio d`Água 2021 | 9789897830723 | 168 PP. Fahrenheit 451 é a adaptação da clássica distopia de Ray Bradbury a romance gráfico, pela mão de Tim Hamilton. A história é a que conhecemos: Guy Montag é bombeiro, numa sociedade em que os bombeiros estão encarregados de destruir pelo fogo a mais ilegal das comodidades, os livros, bem como as casas que os albergam. As ilustrações de Hamilton dão uma energia electrizante ao clássico de Bradbury, que autorizou e prefaciou esta adaptação.
  • Balada para Sophie Quick View
    • Balada para Sophie Quick View
    • Balada para Sophie

    • 36.00
    • Adicionar
    • ,
    • Filipe Melo e Juan Cavia Companhia das Letras 2021 | 9789897842825 | 320 PP. A vida de Julien Dubois, pianista de sucesso, confunde-se com a história da Europa do século XX. Desencantado e misantropo, vive a reforma numa velha mansão, com um gato e uma governanta por companhia. Um dia, é visitado por uma jovem jornalista que o incita a contar a sua verdadeira história. Nas paredes da casa, saturadas de fumo de cigarro e de velhas memórias, ressoa a confissão de uma vida feita de rivalidade, desamor e arrependimento. Balada para Sophie é uma deslumbrante novela gráfica de uma das duplas mais consagradas da Banda Desenhada em Portugal.
  • As Crónicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e  o Guarda-Roupa (n.º 2) Quick View
    • As Crónicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e  o Guarda-Roupa (n.º 2) Quick View
    • As Crónicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (n.º 2)

    • 10.90
    • Adicionar
    • ,
    • C.S. Lewis Ed. Presença 2021 | 9789722367226 | 168 pp. Publicado em 1950, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa é o segundo volume de uma das séries mais adoradas por várias gerações. A aventura começa durante a Segunda Guerra Mundial, quando Peter, Lucy, Edmund e Susan são obrigados a sair de Londres e a instalar-se numa pequena cidade em Inglaterra, na casa de um professor solteirão. Enquanto exploram a mansão, Lucy descobre uma passagem secreta muito especial no guarda-roupa do velho professor. Uma passagem que dá acesso a um mundo refém de um perpétuo inverno, por causa da magia da Feiticeira Branca. Tudo parece perdido, mas alguns ainda esperam e sonham com o regresso de Aslan, o criador solar das terras de Nárnia.
  • As Crónicas de Nárnia – O Sobrinho do Mágico (n.º 1) Quick View
    • As Crónicas de Nárnia – O Sobrinho do Mágico (n.º 1) Quick View
    • As Crónicas de Nárnia – O Sobrinho do Mágico (n.º 1)

    • 10.90
    • Adicionar
    • ,
    • C.S. Lewis Ed. Presença 2021 | 9789722367219 | 184 pp. Escrito em 1955 por C. S. Lewis, este é o primeiro de sete volumes que compõem As Crónicas de Nárnia, um clássico da literatura juvenil. Há muitos anos, num frio e chuvoso verão em Londres, Digory e Polly conhecem-se e tornam-se amigos. Juntos, vão viver fantásticas aventuras. Tudo começa quando o tio de Digory, um mágico malvado, os manda repentinamente… para outro mundo. É então que encontram o caminho para Nárnia, um mundo encantado repleto de sol radiante, animais falantes, flores e árvores que crescem miraculosamente, criado através da canção do Leão. Inesquecível, este é o livro que nos mostra como tudo começou, fazendo-nos viajar até ao momento do glorioso nascimento de Nárnia.
  • Integrado Marginal – Biografia de José Cardoso Pires Quick View
    • Integrado Marginal – Biografia de José Cardoso Pires Quick View
    • Integrado Marginal – Biografia de José Cardoso Pires

    • 20.90
    • Adicionar
    • ,
    • Bruno Vieira Amaral Ed. Contraponto 2021 | 9789896661816 | 600 pp. Notívago, boémio, brigão. Receoso de que a imagem pública lhe ensombrasse os méritos literários. Crítico do marialvismo. Acusado de ser marialva. Bem relacionado. Obcecado com a própria independência. O maior escritor da segunda metade do século XX. Um escritor datado e sem a mesma projeção internacional de um Lobo Antunes ou de um Saramago. Um espírito insubmisso. Um casamento duradouro. A convicção e a crença no próprio trabalho. Momentos de dúvida e angústia. Neste livro, vive um homem cuja personaldade foi formada no antagonismo. E um espírito que, apesar de amarrado a diversos ódios (ao campo, ao regime, à pequena burguesia da qual era originário, à literatura sentimental e demagógica, à polícia, à Igreja), nunca desistiu de Portugal e de ser escritor. Da influência inicial da literatura anglo-saxónica, passando pela necessidade de encontrar uma "sintaxe citadina", ou pela importância de incorporar a experiência na criação literária sem cair no sentimentalismo ou…
  • Cartografias de Lugares mal situados Quick View
    • Cartografias de Lugares mal situados Quick View
    • Cartografias de Lugares mal situados

    • 15.50
    • Adicionar
    • ,
    • Ana Margarida Carvalho Relógio d`Água 2021 | 9789897831584 | 120 pp. Os cenários de guerra são, por definição, lugares mal situados. Neles, as emoções são intensificadas, a generosidade, a compaixão, mas sobretudo a raiva, o medo, a crueldade e a bruteza. Nestes contos, Ana Margarida de Carvalho percorre alguns desses lugares, desde uma povoação de Portugal durante a Terceira Invasão Francesa, passando por uma biblioteca não nomeada, centro de operações da resistência, onde os livros servem para tudo menos para ler, até um lugar incerto onde há mulheres cercadas por snipers, as vozes são proibidas e o silêncio parece interminável.
  • Trieste Quick View
    • Trieste Quick View
    • Trieste

    • 20.90
    • Adicionar
    • ,
    • Jan Morris Tinta da China 2021 | 9789896716172 | 264 pp. Escreveu-o em 2001 e anunciou-o como aquilo que haveria de ser, apesar de só em 2020 termos perdido Jan Morris: o seu último livro de viagens. E logo dedicado a Trieste, cidade que, longe de ser a mais entusiasmante que esta intrépida viajante conheceu, foi aquela que a escritora viu como «uma descrição de mim própria». Uma cidade sempre à procura de si, sempre a reinventar-se, existencialista, pragmática, diversa e, apesar de existir sem grandes monumentos, bem resolvida e alegre, a que Jan Morris voltou várias vezes ao longo da sua vida, para só tardiamente reunir num único livro todas as impressões lhe ficaram. «Em certo sentido, Trieste é uma súmula de todas as viagens de Jan Morris: aqui, ‘sinto que este porto de mar opaco que povoa as minhas visões, tão cheio de doce melancolia, ilustra não somente as minhas emoções adolescentes do passado como também os meus interesses de…
  • Eu Falo como um Rio Quick View
    • Eu Falo como um Rio Quick View
    • Eu Falo como um Rio

    • 15.49
    • Adicionar
    • Jordan Scott e Sydney Smith Fábula 2021 | 9789895645428 | 44 pp. E se, sempre que tentasses falar, as palavras ficassem encravadas no fundo da tua boca? Baseado na sua própria experiência, o poeta Jordan Scott descreve, neste livro inspirador, a história de um menino que gagueja. «Quando as palavras que me cercam são difíceis de dizer, penso no rio indomável.» Sydney Smith, consagrado ilustrador canadiano, vencedor da Medalha Kate Greenaway, entre outros prémios de grande prestígio, e autor de Ser Pequeno na Cidade, ilustrou magistralmente este texto poderoso e intimista. Livro intimista e poético, em que o autor conta a sua própria história, com ilustrações expressivas que acrescentam informação, como uma dupla narrativa. História comovente que aborda a questão da gaguez e todas as suas implicações emocionais, mas que termina com um final de superação.  Um livro para quem se sente diferente, solitário ou incapaz de se integrar.
  • A História da Júlia e da sua sombra de menino Quick View
    • A História da Júlia e da sua sombra de menino Quick View
    • A História da Júlia e da sua sombra de menino

    • 14.50
    • Adicionar
    • Christian Bruel e Anne Bozellec Orfeu Mini 2021 || 9789899071018 | 56 pp. Diz-me, minha querida, porque não és como toda a gente? Eu não sou como toda a gente, mamã. Eu sou a Júlia! A Júlia não tem modos. A Júlia não é fácil. Uma verdadeira maria-rapaz, queixam-se os pais. Certa manhã, descobre que tem sombra de menino, mas quem acredita nela? Gentil Júlia, para ser amada deve portar-se como as outras meninas. Gentil Júlia, já não sabe quem é. De rótulos não precisa, mas tão-somente de um abraço. Um álbum original de 1976, provocante, revolucionário e actual, que nos convida a ver pessoas e não estereótipos.
  • VACA PRETA Quick View
  • MNEMOSINA Quick View
    • MNEMOSINA Quick View
    • MNEMOSINA

    • 20.00
    • Adicionar
    • ,
    • André Coelho Bestiário | 2021 Um álbum gráfico, a preto e branco, onde André Coelho nos deixa antever uma abstracta narrativa em que edifícios, paisagens e corpos aguentam a sua  perene sobrevivência de teor distópico e pós-humano. Dito de outra maneira: traço e deslembramento, poética da memória. Capa Dura 215 x 320 x 16 mm 176 pp.
  • Mamute Nº 2 Quick View
    • Mamute Nº 2 Quick View
    • Mamute Nº 2

    • 10.00
    • Adicionar
    • 2021 | 9786120011614 | 160 pp. Autores: Mariana Rezende Pinto, Carolina Ferreira Baptista, Margarida Ferra, Miguel Szymanski, Yara Monteiro A Mamute é uma revista de ensaios criativos e pessoais em formato longo. Será sempre esse o fio condutor a ligar textos tão diferentes entre si. No segundo número, fala-se de sotaques e como eles influenciam a ideia que os outros fazem de nós; aborda-se a anorexia de modo desafiante e provocador; relata-se como é passar um mês fechada em casa, com Covid, e três filhos por companhia; conta-se a história de muitas emigrações e uma identidade dividida entre Alemanha e Portugal; e termina-se com uma experiência de ancestralidade no seio de uma tribo amazónica. Cinco novos testemunhos em busca da curiosidade e empatia dos leitores.  
  • Estes Ventos Negros Quick View
    • Estes Ventos Negros Quick View
    • Estes Ventos Negros

    • 10.00
    • Adicionar
    • João Narciso 2021 | 9789895309603 | 80 pp. Estes Ventos Negros é um relato ficcional da solidão em tempos de pandemia, murmurado pela voz sombria dos tempos que vivemos; é um relance possível daquilo que nos está a acontecer. «Vês uma flor negra a desabrochar numa fenda de um murete. Agachas-te. Colhes a flor. O cheiro das pétalas escorre pelos teus dedos, parece queimar. Pões a flor dentro de um envelope, abraçada a um dos teus postais, no verso do qual revelas quem és, quem foste, as minudências do que fizeste. Os teus gestos tão amáveis, os teus pensamentos tão perversos, as tuas palavras tão luminosas, os teus silêncios tão lancinantes. A tua mão é uma granada.» Capítulo 9
  • Contar Histórias com a Avó ao Colo Quick View
    • Contar Histórias com a Avó ao Colo Quick View
    • Contar Histórias com a Avó ao Colo

    • 10.00
    • Adicionar
    • autoras: Maria Celestina Fernandes, Mariana Ianelli, Natacha Magalhães, Kátia Casimiro, Angelina Neves, Lurdes Breda, Olinda Beja e Maria do Céu Lopes da Silva ilustração: Tânia Clímaco * “Contar histórias com a avó ao colo” é um livro infantil, cuja originalidade do título remete para ditados e expressões populares, mas também para uma certa ancestralidade e o saber passado de geração em geração. Oferece uma imagem maternal e feminina, pois reúne contos escritos exclusivamente por mulheres de diversos países lusófonos como é o caso de Angola (Maria Celestina Fernandes), Brasil (Mariana Ianelli), Cabo Verde (Natacha Magalhães), Guiné-Bissau (Kátia Casimiro), Moçambique (Angelina Neves), Portugal (Lurdes Breda), São Tomé e Príncipe (Olinda Beja) e Timor Leste (Maria do Céu Lopes da Silva). A ilustração é da autoria da portuguesa Tânia Clímaco. A edição é da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa e do Camões – Centro Cultural em Maputo que, pelo segundo ano consecutivo, se associam às comemorações do Dia…
  • Poemas Quick View
    • Poemas Quick View
    • Poemas

    • 12.00
    • Adicionar
    • Léon-Paul Fargue Antítese 2021 | 9789895441563 | 144 pp. Em Poemas, publicado originalmente em 1912, Fargue mistura o Surrealismo com uma delicada quietude musical que evolui do Simbolismo francês. Ao mesmo tempo, as imagens frequentemente estranhas e perturbadoras de Fargue desdobram um sentido mais pessoal da sua poesia: a convicção de que a imagem poética é um regresso, uma reescrita da infância, um desbloqueio das passagens mais íntimas do tempo. Poemas é a primeira grande obra de Fargue, um ponto de viragem na sua escrita, e um conjunto exemplar de poemas em prosa.
  • Brotéria 192- abril 2021 Quick View
    • Brotéria 192- abril 2021 Quick View
    • Brotéria 192- abril 2021

    • 8.00
    • Adicionar
    • Brotéria 2021 | 9786120011669 | 101 pp. Assinalam-se neste ano 700 anos sobre a morte de Dante e o editorial de abril revisita e celebra o pensamento crítico daquele que, reivindicado postumamente pela Igreja, pronunciou palavras de crítica profética contra os seus representantes. Maria de Belém Roseira fala-nos da importância da Saúde enquanto parte de uma geoestratégia “saudável”, e Teresa Nogueira Pinto sobre o peso de uma herança histórica nas relações entre França e o Ruanda. Na secção de Sociedade e Política, Álvaro Domingues mapeia a cartografia difusa que descreve o chamado "Interior de Portugal" e Guilherme d’Oliveira Martins escreve sobre o caminho percorrido pelo Centro Nacional de Cultura e o a política de património cultural enquanto fator de coesão territorial. Em Religião, José Frazão Correia SJ descreve-nos a índole pastoral da doutrina cristã e, com um artigo de António Andresen Guimarães, descobrimos Elesbão e Efigénia, dois santos negros numa capela minhota. Nas Artes e Letras, Manuel Ferro evoca a eloquência e…
  • Pauliceia Desvairada Quick View
    • Pauliceia Desvairada Quick View
    • Pauliceia Desvairada

    • 10.00
    • Adicionar
    • Mário de Andrade Antítese 2021 | 9789895441556 | 106 pp. Pauliceia Desvairada foi publicado em 1922, ano em que também decorreu em São Paulo a Semana de Arte Moderna, que viria marcar o começo dos movimentos de vanguarda no Brasil. Marco do Modernismo brasileiro, Pauliceia Desvairada começa com «Prefácio Interessantíssimo», que funda, ao jeito de um manifesto, os princípios de uma nova corrente estética, que se concretizaria nos poemas que compõem Pauliceia, e que se apropria de São Paulo enquanto paisagem e motivo dos princípios estéticos definidos por Mário de Andrade, como o verso livre e a expressão de uma urbanidade sintética, fragmentária, anti-romântica e antiburguesa. Enfim, a expressão de uma arte nova, que Pauliceia Desvairada veio inaugurar nas letras brasileiras.
  • Coração Lento Quick View
    • Coração Lento Quick View
    • Coração Lento

    • 14.40
    • Adicionar
    • Frederico Pedreira Assírio & Alvim 2021 | 9789723721607 | 104 pp. Em Coração Lento, assistimos ao afinar meticuloso da linguagem poética, um monumento de cujas ruínas se reergue a paisagem em chamas desse lugar onde, a custo, tentamos sempre voltar. Frederico Pedreira, no seu livro de estreia na Assírio & Alvim, constrói esse caminho de volta como se as suas palavras fossem cristais de sal: Mocho malabarista, rodeado de santaria, trata-me, digamos, com carinho, e ao voltares as páginas da minha heráldica, não digas um dia, quando a biblioteca estiver calada; – não se aproveita nada desta ninhada.
  • Gata Borralheira | Branca de Neve | A Bela Adormecida Quick View
  • Ilhíada Quick View
    • Ilhíada Quick View
    • Ilhíada

    • 14.00
    • Adicionar
    • Alberto Pimenta Edições do Saguão 2021 | 9789895483136 | 184 pp. «É unânime ver na Ilíada o deflagrar do grande épico furor narrativo de uma cultura de heróis e super-heróis, ciosos da sua dignidade de ser homem no seio duma natureza que acolhe deuses; decerto será unânime a leitura da Ilhíada como exploração doutro ritmo (mas com “migalhas da mesa de Homero”) para esta cultura feita de pura ânsia de lucro e poder, e deuses que entre si disputam a existência, numa natureza exausta e que ainda serve, tudo à custa de deserdados, oprimidos e excluídos, que teimam em sobreviver.»  
  • Um Bárbaro na Ásia Quick View
    • Um Bárbaro na Ásia Quick View
    • Um Bárbaro na Ásia

    • 14.00
    • Adicionar
    • ,
    • Henri Michaux Maldoror 2021 | 9789895311507 | 240 pp. Num périplo pelo Oriente, Henri Michaux compõe um retrato aforístico da cultura, mas também da espiritualidade, dos povos asiáticos, num registo que oscila entre o poético e o realista, não deixando de observar também incoerências e excentricidades. «Cidade de cónegos e do seu amo, seu mestre em impudência e despreocupação, a vaca. Eles estabeleceram aliança com a vaca, mas a vaca não quer saber disso. A vaca e o macaco, os dois animais sagrados mais impudicos. Em Calcutá, há vacas por toda a parte. Atravessam as ruas, deitam-se ao comprido nos passeios inutilizando-os, largam a bosta diante do automóvel do vice-rei, passam revista aos armazéns, ameaçam o ascensor, instalam-se nos patamares, e se o hindu fosse pastável, sem dúvida que seria pastado.»
  • Tornado Quick View
    • Tornado Quick View
    • Tornado

    • 16.90
    • Adicionar
    • ,
    • Teresa de Noronha Editora Exclamação 2021 | 9789895486830 | 156 pp. Soube anos mais tarde, quando vasculhava nos arquivos do Notícias à procura de alguma maldita crónica ou sinal daquele dia, com os jornais abertos à minha frente, que varri de trás para a frente e de frente para trás, sem encontrar qualquer sinal especial e nem mesmo o menor traço necrológico, notícia ou fotografia como se a tua morte fosse, mais do que anónima, ignorada. Mas soube aí, com surpresa - e talvez esse facto possa desenrolar o primeiro fio deste novelo que se emaranhou depois da tua morte - que o quarto dia do mês de outubro de 1983, em que decidiste pela enésima e derradeira vez deixar o mundo, pertenceu àquele estranho ano em que as acácias se esqueceram de florir.  
  • Hífen Quick View
    • Hífen Quick View
    • Hífen

    • 16.90
    • Adicionar
    • ,
    • Patrícia Portela Editorial Caminho 2021 | 9789722130820 | 280 pp. «Flandia, o avesso desalinhavado de uma possibilidade hifanada. A discussão sobre o sexo dos anjos enquanto os portões cedem aos cavaleiros do Algoritmo.» Hífen. um texto que, sendo de uma grande diversidade, tem do princípio até ao fim uma grande unidade e uma grande coerência, por um lado, e uma grande força. Quer quando se fala do amor de uma mãe por uma filha, e aqui chega-se a sentir um estrangulamento na garganta, quer quando Ofélia se dirige ao marido morto, e aqui sentimo-nos identificados com aquele sentimento de saudade, quer quando se evoca a luta por um mundo melhor, quer quando se grita contra a injustiça e contra o absurdo de um mundo onde nos sentimos muito bem desde que abdiquemos do essencial, isto é, do sal da vida. E já no fim, quando a resignação e o suicídio se confrontam como os dois destinos possíveis, a solução encontrada me parece…
  • Manual do Arquitecto Descalço Quick View
    • Manual do Arquitecto Descalço Quick View
    • Manual do Arquitecto Descalço

    • 29.68
    • Adicionar
    • Johan Van Lengen Dinalivro 2010 | 9789725765654 | 695 pp. A bioarquitectura praticada por Johan van Lengen já conquistou milhares de adeptos no século XXI. Trata-se de um novo conceito que surgiu há algumas décadas com o objectivo de unir ecologia, arquitectura e urbanismo rumo a uma maior sustentabilidade ecológica. A perspectiva visionária deste arquitecto nasceu da observação e da vivência directas com os vários povos, o que lhe permitiu aprender a usar de forma racional, equilibrada e consciente o material existente ao seu redor. Assim, Johan van Lengen procura integrar o homem no seu meio, respeitando e explorando a natureza em toda a sua plenitude e riqueza, ensinando técnicas que ajudam a melhorar a vida, transformando cada homem no arquitecto da sua habitação e oferecendo a todos a possibilidade de alterar a realidade onde as condições são difíceis ou pobres. Este trabalho revela formas simples e inovadoras de construção, que proporcionam às pessoas um modo mais digno de habitar o mundo.…
  • Rostos da Morte Quick View
    • Rostos da Morte Quick View
    • Rostos da Morte

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Rostos da Morte - Investigações filosóficas sobre a Morte Byung-Chul Han Relógio D'Água 2021 | 9789897831034 | 240 pp. “Em torno da morte proliferam fenómenos. A morte faz com que se desenrolem metáforas e metonímias. Tal é a aparência necessária que faz com que a vida seja o que é. Mas o aparente não é o falso, não é o oposto do verdadeiro. A aparência não se limita a falsear o ser, mas faz com que ele se manifeste de um determinado modo, transformando-o assim em linguagem.” A perda pela morte é irreversível e também por isso é difícil olhá-la de frente. Mas a reflexão sobre a morte pode convertê-la numa experiência viva. Byung-Chul Han fala-nos da caleidoscópica variedade da morte, através das suas leituras de Adorno, Heidegger, Derrida, Levinas, Kafka e Handke. Este seu livro procura tornar audível a linguagem da morte, que nos vai interpelando ao longo da vida. É assim que se abrem novas perspectivas, surgindo a morte como…
  • A Geração que quis ser feliz Quick View
  • O Futuro Começa Agora Quick View
    • O Futuro Começa Agora Quick View
    • O Futuro Começa Agora

    • 25.90
    • Adicionar
    • O Futuro Começa Agora - Da Pandemia à Utopia Boaventura de Sousa Santos Edições 70 2020 | 9789724423890 Este livro foi escrito entre o medo e a esperança, tal como um e outra se nos confrontam no início do século XXI em face da pandemia do novo coronavírus. A pandemia intensificou as desigualdades e as discriminações sociais que caracterizam as sociedades contemporâneas e deu-lhes maior visibilidade. O sofrimento humano muito desigual em que se traduziram e as causas que o explicam são analisadas na primeira parte do livro. Atenção especial é dada ao modelo económico-social, ao Estado, à ciência e à resistência e criatividade dos grupos sociais mais excluídos para se protegerem e minorarem os riscos. As trágicas consequências da pandemia e a alta probabilidade de se multiplicarem no período de pandemia intermitente em que estamos a entrar obrigam-nos a pensar em alternativas económicas, sociais, políticas e culturais, que, no conjunto, apontam para novos modelos civilizacionais. É este o tema da segunda…
  • A Aparência das Coisas Quick View
    • A Aparência das Coisas Quick View
    • A Aparência das Coisas

    • 18.00
    • Adicionar
    • A Aparência das Coisas - Ensaios e Artigos Escolhidos John Berger Antígona – Editores Refractários 2021 | 9789726083955 | 288 pp. «A arte é uma expressão da nossa sensação de que o que existe é insuficiente — e de que não somos obrigados a aceitá‑lo com gratidão.» A Aparência das Coisas (1972) reúne alguns dos ensaios mais brilhantes e incisivos que John Berger escreveu na década de 60. Uma mulher forçada a entrar num táxi; um leão e uma leoa enjaulados no jardim zoológico; a última fotografia de Che Guevara; o desabrochar da Primavera de Praga e a natureza das manifestações populares; Walter Benjamin, Le Corbusier, Camille Corot, Fernand Léger. Retratos e instantâneos admiráveis em si mesmos, revelam a sua maior importância enquanto partes de um todo, fragmentos da existência submetidos ao mesmo olhar coerente, sensível e humanista de John Berger, em favor de uma síntese da experiência e condição humanas. Numa prosa ao mesmo tempo sóbria e epigramática, em textos ora políticos,…
  • Dos Nossos Irmãos Feridos Quick View
    • Dos Nossos Irmãos Feridos Quick View
    • Dos Nossos Irmãos Feridos

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Joseph Andras Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083917 | 168 pp. «De que são feitos os heróis? De que peles, de que ossos, de que carcaças, tendões, nervos, tecidos, de que carnes, de que almas são eles fabricados?» Argélia, 1956. Uma bomba que nunca viria a detonar é deixada numa fábrica, destinada a causar estragos e não a reclamar vidas, num acto simbólico. Um operário revolucionário e idealista, que sonha com um país livre e se opõe à violência cega, é denunciado. Detido e torturado, Fernand Iveton (1926-1957) seria o único pied-noir condenado e executado pelo Governo francês durante a Guerra da Argélia: um castigo que se pretendia exemplar e um aviso a todos os europeus que ousassem tomar o partido dos colonizados. França, onde Iveton conhecera o amor da bela Hélène, que o acompanharia até ao fim dos seus dias, silenciaria a voz do dissidente, mas nunca a esperança colectiva de uma futura nação. Dos Nossos Irmãos Feridos (2016), num estilo de tirar o…
  • Nuno Portas. 18 Obras Partilhadas Quick View
    • Nuno Portas. 18 Obras Partilhadas Quick View
    • Nuno Portas. 18 Obras Partilhadas

    • 15.00
    • Adicionar
    • editores: Paulo Providência, Pedro Baía autores: Nuno Portas, Bartolomeu Costa Cabral, Maria Tavares, Joana Fernandes, Nuno Grande, Paulo Providência, Pedro Baía Circo de Ideias 2019 | 978989-9918481 | 152 pp. Este livro, publicado pela editora Circo de Ideias e com edição de Paulo Providência e Pedro Baía, apresenta 18 obras projectadas entre 1957 e o ano 2000 pelo arquitecto Nuno Portas em co-autoria com vários arquitectos com quem foi trabalhando, numa selecção que pretende focar e documentar a sua prática projectual para além do planeamento urbano. A selecção das obras foi dividida cronologicamente numa estrutura que agrupa quatro programas distintos — habitação unifamiliar, habitação colectiva, equipamento e projecto urbano — intercalados por um prefácio de Bartolomeu Costa Cabral, um ensaio de Maria Tavares, uma entrevista de Joana Oliveira e um ensaio de Nuno Grande. O projecto editorial contou com o apoio da Direcção-Geral do Património Cultural, da Direcção-Geral das Artes, do Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT) da Universidade do Minho,…
  • Bande à Part 1 / Tipologia e Revolução Quick View
    • Bande à Part 1 / Tipologia e Revolução Quick View
    • Bande à Part 1 / Tipologia e Revolução

    • 18.00
    • Adicionar
    • Nuno Brandão Costa Circo de Ideias  2019 | 9789895413195 | 172 pp. | PT + EN Este livro, publicado pela editora Circo de Ideias e com autoria de Nuno Brandão Costa, analisa o processo projectual de Pedro Ramalho, Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura. «Bande à part» é o título de um projecto teórico realizado em três volumes da autoria de Nuno Brandão Costa sobre trípticos de obras de arquitectura na Europa concebidas por arquitectos europeus. Por razões e contextos distintos, estas obras tornaram-se relevantes para o autor, convertendo-se em objectos do seu fascínio e influenciando de modo diverso o seu percurso como arquitecto e professor, desde a sua formação até aos dias de hoje.
  • Representações de Poder do Estado em Portugal e no Império Quick View
    • Representações de Poder do Estado em Portugal e no Império Quick View
    • Representações de Poder do Estado em Portugal e no Império

    • 14.00
    • Adicionar
    • Antonio S. Río Vázquez, Christian von Oppen, Eduardo Fernandes, Elisiário Miranda, Fátima Moura Ferreira, Márcia C. F. Oliveira, Natália Pereira, Rui Pereira, Vanda Maldonado Circo de Ideias 2019 | 9789899918474 | 224 pp. Este livro, publicado pela editora Circo de Ideias e com edição de Fátima Moura Ferreira e Eduardo Fernandes, coloca em perspectiva abordagens plurais sobre a ideologia das obras públicas no Estado Novo, num mosaico interceptado por saberes e poderes múltiplos. O projecto editorial contou com o apoio do Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT) da Universidade do Minho.
  • Porto Brutalista Quick View
    • Porto Brutalista Quick View
    • Porto Brutalista

    • 28.00
    • Adicionar
    • Magda Seifert, Pedro Baía (eds.) Circo de Ideias 2019 | 9789895463602 | 300 pp. | PT + EN Este livro, publicado pela editora Circo de Ideias e com edição de Pedro Baía e Magda Seifert, apresenta uma selecção de 20 obras localizadas no Porto, Gaia e Matosinhos, numa procura de ensaiar novas possibilidades de interpretação de uma arquitectura produzida com afinidades construtivas e materiais associadas ao Brutalismo. O projecto editorial e de investigação permitiu desenvolver diferentes níveis de aproximação crítica ao objecto de estudo. Álvaro Siza conversou sobre o tema do Brutalismo e sobre algumas questões que se levantaram no decorrer do projecto. Ben Highmore visitou algumas das obras seleccionadas no Porto e escreveu um ensaio a partir de uma perspectiva cultural. Tiago Lopes Dias e Alexandra Areia escreveram ensaios a partir das 10 obras seleccionadas em cada século. Pedro Treno concentrou-se em cada uma das 20 obras e escreveu pequenos textos de enquadramento crítico. Francisco Ascensão e Luca Bosco ensaiaram uma…
  • Uma Mãe é Como uma Casa Quick View
    • Uma Mãe é Como uma Casa Quick View
    • Uma Mãe é Como uma Casa

    • 14.00
    • Adicionar
    • Aurore Petit Bruaá 2021 | 9789898166470 | 48 pp. Uma mãe é como um ninho, uma mãe é como um meio de transporte, uma mãe é como uma fonte… Como numa rima infantil, estas frases curtas acompanham cada passo no dia a dia de um bebé. Ao longo das páginas, a criança cresce, passando por diferentes aprendizagens. O leitor acompanha a criança através desses pequenos grandes passos. A mãe que era ninho, abrigo do recém-nascido, torna-se estrada, história ou espetáculo para a criança que brinca. E ao crescer, também a distância entre ela e a sua mãe aumenta nas ilustrações. Até à última imagem, com os primeiros passos da criança. Porque uma mãe é como uma casa que levamos connosco para sempre.
  • A Poesia Como Arte Insurgente Quick View
    • A Poesia Como Arte Insurgente Quick View
    • A Poesia Como Arte Insurgente

    • 15.00
    • Adicionar
    • Lawrence Ferlinghetti Relógio D`Agua 2021 | 9789896168285 | 488 pp. Lawrence Ferlinghetti, poeta, dramaturgo e editor, é hoje, aos 97 anos, o único sobrevivente da Beat Generation, movimento que inclui autores como Jack Kerouac e Allen Ginsberg. Descendente de uma família ítalo-portuguesa, Ferlinghetti nasceu em Nova Iorque em 24 de Março de 1919. O pai, imigrante, morreu seis meses antes do seu nascimento. Quando tinha dois anos, a mãe teve sérios problemas nervosos. Por isso, foi criado por um tio materno e por uma tia de origem francesa, de nome Emily. Quando o casal se separou, Ferlinghetti teve de mudar-se para França com Emily. De regresso aos EUA, viveu num orfanato, pois a tia ficara desempregada. Apesar das dificuldades, conseguiu formar-se como jornalista na Universidade da Carolina do Norte em 1941, indo então servir na marinha americana durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de esta terminar, obteve um mestrado em Columbia e um doutoramento na Sorbonne. Em Paris, conheceu a poesia de…
  • Descida Brusca de Temperatura Quick View
  • O Destino da Árvore é Transformar-se em Papel Quick View
  • Pelos Nossos Corações Passa a Linha de Fogo Quick View
  • Um Pouco Do Meu Sangue Quick View
  • Antologia de Poesia Hispano-Americana Quick View
  • Trocando Dólares Por Cêntimos Quick View
  • Sonhador Definitivo e Perpétua Insónia Quick View
  • Stumptown – Vol. 2 Quick View
    • Stumptown – Vol. 2 Quick View
    • Stumptown – Vol. 2

    • 16.00
    • Adicionar
    • Greg Rucka e Matthew Southworth G. Floy Uma série escrita por um dos nomes grandes do policial, Greg Rucka, e que, depois de ter sido nomeada para um Eisner para Melhor Nova Série, serviu de base à série de TV Stumptown da ABC, com Cobie Smulders no papel de Dex. Dex Parios, proprietária das Investigações Stumptown, tem um escritório novo… e uma lista enorme de clientes que não pode aceitar por estarem ligados ao chefe criminoso Hector Marenco. Por isso, quando a estrela de rock Mim Bracca entra na sua vida com um caso que parece simples, de uma guitarra roubada, Dex decide aceitar, especialmente quando Mim propõe pagar adiantado. Mas Dex vai descobrir que não foi só a guitarra que desapareceu… e que não é a única à procura dela.
  • Stumptown – Vol. 1 Quick View
    • Stumptown – Vol. 1 Quick View
    • Stumptown – Vol. 1

    • 16.00
    • Adicionar
    • Stumptown - Volume 1 - O Caso da Rapariga que Levou o Champô (mas deixou o carro) Greg Rucka e Matthew Southworth G. Floy 2020 | 9788366589100 | 160 pp. Dex Parios é um detetive que se esconde sob o nome de Stumptown Investigations, e uma investigadora privada talentosa. Infelizmente, é bem menos hábil ao jogo do que um resolvedor de casos, e a sua mais recente maré de azar deixou-a com uma enorme dívida ao casino das Tribos Confederadas da Costa do Vento. Mas talvez a sua sorte esteja a mudar … Sue-Lynne, a directora do casino, está disposta a apagar a dívida se Dex conseguir encontrar a sua neta desaparecida. Mas será esta uma maneira de Dex sair do buraco, ou estará ela a cavar um bem mais fundo e mortal?
  • Frango com Ameixas Quick View
    • Frango com Ameixas Quick View
    • Frango com Ameixas

    • 14.90
    • Adicionar
    • Frango com ameixas - Novela Gráfica  - Volume 2 Marjane Satrapi Levoir 9789896828158 | 96 pp. Nasser Ali Khan é um famoso músico (e tio-avô da autora) que vive no Irão de 1958. Na sequência de uma discussão familiar, o seu tar, o instrumento de que é virtuoso e que é o seu bem mais precioso, é partido. Nenhum outro tar o irá satisfazer e Nasser vai perder o gosto pela música. Tomado de uma melancolia imensa, decide deixar-se morrer, levando-nos numa viagem às suas emoções, aos seus sonhos e à sua história pessoal, que se mistura com a do seu Irão natal num período conturbado da sua história. Vencedor do prémio de Melhor Álbum de Angoulême em 2005, Frango com Ameixas é também considerado como a obra maior de Marjane Satrapi.
  • A Dança das Andorinhas Quick View
    • A Dança das Andorinhas Quick View
    • A Dança das Andorinhas

    • 14.90
    • Adicionar
    • A Dança das Andorinhas: morrer, partir, regressar Zeina Abirached Levoir 9789896825843 | 192 pp. Nascida em 1981 em Beirute, em plena Guerra Civil, Zeina Abirached foi para Paris em 2004, para estudar artes decorativas, e estreou-se na BD em 2006. A sua obra é marcada pelas suas memórias da Guerra do Líbano, bem presentes em "A Dança das Andorinhas", novela gráfica nomeada para os prémios de Angoulême, que retrata um dia na vida das famílias que habitam um prédio na cidade devastada pela guerra. «Em Outubro de 2006, no site na Internet do Instituto Nacional do Audiovisual encontrei uma reportagem gravada em Beirute em 1984. Os jornalistas entrevistavam os habitantes de uma rua situada na proximidade da linha de demarcação, que cortava a cidade em dois. Uma mulher, bloqueada pelos bombardeamentos na entrada do seu apartamento, disse uma frase que me perturbou: “Sabem, acho que, mesmo assim, se calhar estamos mais ou menos em segurança, aqui”. Essa mulher era a minha avó.»…
  • O Longo Caminho para a Igualdade Quick View
    • O Longo Caminho para a Igualdade Quick View
    • O Longo Caminho para a Igualdade

    • 10.00
    • Adicionar
    • O Longo Caminho para a Igualdade - Mulheres e Homens no séc. XXI Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada  Fórum Organizações para a Igualdade Sabes que todas as Pessoas podem escolher a profissão que quiserem? Sabes que todas as escolhas são válidas? As Pessoas devem acreditar nos seus sonhos! Por isso, tivemos a ideia deste livro... Esperamos que as personagens desta história te inspirem a descobrir que tens a capacidade de escolher livremente a tua profissão.
  • Reflexões de Um Cineasta Quick View
    • Reflexões de Um Cineasta Quick View
    • Reflexões de Um Cineasta

    • 16.90
    • Adicionar
    • ,
    • Serguei Eisenstein BookBuilders 2020 | 9789898973146 | 336 pp. Eisenstein escreve sobre cinema, as suas teorias, os seus contemporâneos (realizadores e actores) e sobre si. Quem tiver lido algum ensaio escrito por Eisenstein sabe que, para além do seu talento como realizador, é também um escritor, um pensador e um grande contador de histórias. Nestas suas reflexões traduzidas a partir do francês pelo também realizador José Fonseca e Costa, igualmente autor do estudo introdutório que as precede, Eisenstein fala de si e do grande écran, escreve sobre a sua visão acerca do que deve ser o cinema, reabilita a importância desta arte então ainda muito recente, conta histórias, compara-se com os seus contemporâneos, reflecte sobre a cor e o som, exalta Chaplin, Prokofiev ou simplesmente gente mais anónima com que trabalhou de perto, numa obra que é um marco fundamental da história e da teoria da sétima arte. Cruzando o pensamento crítico com a memória e a experiência pessoal, Eisenstein escreve de forma…
  • Escultura Negra Quick View
    • Escultura Negra Quick View
    • Escultura Negra

    • 14.00
    • Adicionar
    • Carl Einstein Orfeu Negro 2020 | 9789898868961 | 174 pp. Nos seus juízos de valor sobre o Negro, o Europeu reivindica um postulado: o da sua absoluta, ainda que ilusória, superioridade. ESCULTURA NEGRA, publicado pela primeira vez em 1915, é um texto audacioso e fundador na história da arte europeia. Desafiando preconceitos e equívocos, Carl Einstein produz a primeira análise crítica à escultura africana, libertando-a de todo o etnocentrismo e primitivismo, expandindo a própria noção de arte, até aqui propriedade do mundo ocidental. O seu ensaio, condensado e lapidar, apresenta uma visão plástica pura do espaço, que a arte africana exemplarmente sintetiza. É sobre esta imagem total que escreve Carl Einstein, justificando-se assim a reprodução de 94 objectos em 111 fotografias, sem qualquer legenda ou referência ao longo do texto. Escultura Negra tornou-se num sucesso inédito na sua época.
  • A Praga Escarlate Quick View
    • A Praga Escarlate Quick View
    • A Praga Escarlate

    • 13.00
    • Adicionar
    • ,
    • Jack London Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083801 | 112 pp. O mundo desabou, absoluta e irremediavelmente. Dez mil anos de cultura e civilização esvaíram-se num instante, desfizeram-se como espuma. «O grande mundo que conheci na minha infância e juventude desapareceu. Deixou de existir. Sou o último homem que estava vivo nos dias da peste e que conheceu as maravilhas daquela época longínqua. Nós, que dominámos o planeta — terra, mar e céu — e que éramos como deuses, agora vivemos na selvajaria primitiva.» 2013. Uma pandemia incontrolável — a morte vermelha, a praga escarlate — varre o planeta e faz ruir a civilização. O mundo colapsa e retrocede à barbárie: reina o medo, impera o isolamento, vagueiam saqueadores em cidades despovoadas. Sessenta anos depois, James Smith, o último sobrevivente dos dias da peste em São Francisco, narra aos netos incrédulos as histórias e memórias do seu tempo, enigmáticas para os pequenos selvagens de uma nova era. Ficção pós-apocalíptica tão breve…
  • Almoço de Domingo Quick View
    • Almoço de Domingo Quick View
    • Almoço de Domingo

    • 17.70
    • Adicionar
    • ,
    • José Luís Peixoto Quetzal 2021 | 9789897224607 | 264 pp. Uma reflexão sobre a idade, a fortuna e o amor profundo de uma família reunida em torno do patriarca e das suas recordações. Um romance, uma biografia, uma leitura de Portugal e das várias gerações portuguesas entre 1931 e 2021. Tudo olhado a partir de uma geografia e de uma família. Com este novo romance de José Luís Peixoto acompanhamos, entre 1931 e 2021, a biografia de um homem famoso que o leitor há de identificar — em paralelo com história do país durante esses anos. No Alentejo da raia, o contrabando é a resistência perante a pobreza, tal como é a metáfora das múltiplas e imprecisas fronteiras que rodeiam a existência e a literatura. Através dessa entrada, chega-se muito longe, sem nunca esquecer as origens. Num percurso de várias gerações, tocado pela Guerra Civil de Espanha, pelo 25 de abril, por figuras como Marcelo Caetano ou Mário Soares e Felipe González,…
  • A Vida e As Aventuras de Nicholas Nickleby Quick View
    • A Vida e As Aventuras de Nicholas Nickleby Quick View
    • A Vida e As Aventuras de Nicholas Nickleby

    • 24.90
    • Adicionar
    • ,
    • Charles Dickens E-Primatur 2021 | 9789898872463 | 900 pp. O terceiro romance de Dickens baseia-se em factos verídicos e nas visitas que o autor fez a uma escola então dirigida por um dos directores mais cruéis do seu tempo. O pai de Nicholas Nickleby morre depois de perder todo o seu dinheiro num investimento que correu bastante mal. Nicholas, a mãe e a irmã são obrigados a deixar uma vida tranquila e confortável em Devonshire e a procurar a ajuda do tio do lado paterno, Ralph Nickleby, um homem de negócios rude e áspero, pouco interessado em ajudar parentes pobres, muito menos o jovem Nickleby, que lhe lembra precisamente o seu falecido irmão. Ainda assim, o tio arranja ao jovem um cargo mal pago como assistente do director de uma escola. Recém-chegado ao seu novo posto de trabalho, Nicholas descobre a crueldade tremenda do director e da sua mulher, que montaram em conjunto um esquema mirabolante para receber dinheiro dos pais que…
  • Thomas o Obscuro Quick View
    • Thomas o Obscuro Quick View
    • Thomas o Obscuro

    • 13.90
    • Adicionar
    • ,
    • Maurice Blanchot E-Primatur 2021 | 9789898872661 | 120 pp. Obra maior da literatura francesa do século XX, «Thomas o Obscuro» é um cruzamento entre filosofia e literatura, bem como um dos livros mais desafiadores da modernidade. Em francês, como em português, existe uma vírgula a separar o nome do atributo como é o caso, por exemplo, de Alexandre, o Grande. Blanchot, escritor e intelectual admirado por alguns dos maiores escritores e filósofos do seu tempo e dos nossos dias, não colocou uma vírgula no título da sua obra. Publicado em 1941, Thomas o Obscuro foi reescrito e republicado em 1950. Para o Autor ambas as versões eram válidas, embora a mais tardia (aquela que se seguiu nesta tradução de Manuel de Freitas) se tenha tornado a versão canónica. Thomas é a personificação do conceito de neutro que Blanchot explorou na sua literatura. Diz-nos Thomas: «Eu penso, logo não sou.» Thomas não tem personalidade, é um ser neutro, uma humanidade desconstruída em peças soltas, e, como…
  • Quarentena – Uma História de Amor Quick View
    • Quarentena – Uma História de Amor Quick View
    • Quarentena – Uma História de Amor

    • 16.60
    • Adicionar
    • ,
    • José Gardeazabal Companhia das Letras 2021 | 9789897842368 | 208 pp. Uma história de amor que renasce a quatro paredes. Um casal, decidido a separar-se e de malas feitas, é obrigado pelas autoridades de saúde a uma quarentena. O seu apartamento transforma-se numa arena de proximidade física e distâncias calculadas, onde os restos da vida amorosa e o trautear televisivo de uma pandemia mudam o mundo por dentro e por fora. Ali, sob o regime forçado de uma intimidade perdida, percebemos como, entre antigos amantes, vizinhos e desconhecidos, a saudade das multidões e dos sentimentos sempre estiveram à altura de nos resgatar do peso do presente. Um olhar provocador sobre uma experiência coletiva. Uma introspeção inesperada, à porta fechada, sobre o que é o amor, onde começa, acaba e recomeça. Uma história de amor em 40 dias.
  • Gramática da Fantasia Quick View
    • Gramática da Fantasia Quick View
    • Gramática da Fantasia

    • 14.50
    • Adicionar
    • Gramática da Fantasia: introdução à arte de contar histórias Gianni Rodari Faktoria K de Livros - Colecção Ágora K 20017 | 9789899958326 | 260 pp. «Inventar histórias para crianças e ajudá-las a inventar histórias sozinhas (...) não para que todos se tornem artistas, mas para que ninguém seja escravo.» Foi esta a intenção de Gianni Rodari quando escreveu a "Gramática da Fantasia" (1973): uma obra de referência obrigatória para educadores; uma abordagem sem precedentes à pedagogia contemporânea; o legado, em suma, com o qual transmite a sua ideia revolucionária e libertadora sobre literatura. Com este livro, que teve origem num encontro de professores em que Rodari participou em 1972, o autor propõe a conversão da palavra em jogo, ao mesmo tempo que revela o processo de escrever histórias para crianças, ajudando-as a inventar novos mundos. A "Gramática da Fantasia" dá assim ao leitor a possibilidade de descobrir que todos «podemos entrar no mundo real pela porta principal ou - o que é…
  • A Cidade das Crianças Quick View
    • A Cidade das Crianças Quick View
    • A Cidade das Crianças

    • 17.50
    • Adicionar
    • A Cidade das Crianças - Uma nova forma de pensar a cidade Francesco Tonucci Faktoria K de Livros - Colecção Ágora K 2019 | 9789895434046 | 344 pp. Ciente de que uma cidade à medida das crianças deve ser necessariamente uma cidade com maior qualidade de vida para todos os cidadãos, a autor apresenta com esta obra uma nova filosofia para o seu governo, com base em experiências concretas, em que as crianças são consideradas como o seu elemento-chave. Ao mesmo tempo lança um repto aos responsáveis públicos para que adoptem novas estratégias e rompam com medidas que põem em perigo o futuro das cidades.
  • O Profeta Quick View
    • O Profeta Quick View
    • O Profeta

    • 11.99
    • Adicionar
    • Kahlil Gibran e Anna Pirolli Zero a Oito 2021 | 9789897766329 | 48 pp. Um clássico da literatura mundial que nos faz reencontrar com a pureza das coisas. O Profeta reúne uma seleção de trechos e reflexões, numa linguagem simples e poética, sobre alguns temas da existência humana, como o amor, a amizade, o casamento e a paternidade. Este livro vai ajudar a encontrar a verdade mais cristalina no meio da bruma dos dias.
  • As mãos e os livros Quick View
    • As mãos e os livros Quick View
    • As mãos e os livros

    • 13.50
    • Adicionar
    • As mãos e os livros Que dança esta. Que festa! Isabel Minhós Martins e Madalena Matoso Planeta Tangerina 2019 | 9789898145949 É isto um livro. Esta coroa, esta arca, este bebé recém-nascido, este vaso tremelicante feito para andar de mão em mão, este mapa por onde se passeiam impressões digitais  de todos os tamanhos de todos os tempos e lugares. Esta festa!
  • Mishima: Manifesto de Lâminas Quick View
    • Mishima: Manifesto de Lâminas Quick View
    • Mishima: Manifesto de Lâminas

    • 15.00
    • Adicionar
    • Tiago Manuel Chili Com Carne 2020 | 9789898363459 O quarto título da série Rubi da Chili Com Carne. Tiago Manuel tem-se dedicado à publicação de 50 livros de 25 heterónimos nas mais diferentes áreas (ilustração de autor, banda desenhada, humor negro, histórias infantis, romance gráfico, diários ilustrados com fotografias e pinturas, teatro, literatura policial, moda e cinema), entre os quais se incluem os autores Terry Morgan, Murai Toyonobu, Tom McCay, Tim Morris, Mariette Tosel, Tamayo Marín, Max Tillman e Tilda Markström. No entanto, esta obra é assinada em nome próprio, sendo inspirada pelo universo de Yukio Mishima (三島由紀夫), pseudónimo do japonês Kimitake Hiraoka (平岡公威), nascido em 14 de janeiro de 1925 e falecido em 25 de novembro de 1970. Aliás, a data escolhida para o lançamento da obra foi precisamente a efeméride dos 50 anos do seu suicídio. Romancista, ensaísta e dramaturgo, Mishima, aos 24 anos, foi imediatamente consagrado como um mais importantes autores japoneses do pós-guerra com a sua primeira obra, Confissões de uma Máscara, um romance autobiográfico que…
  • Atlas Suzane Daveau Quick View
    • Atlas Suzane Daveau Quick View
    • Atlas Suzane Daveau

    • 21.80
    • Adicionar
    • ,
    • Suzane Daveau Museu da Paisagem 2021 | 9789895449743 | 320 pp. A viagem de Suzanne Daveau começa em Paris, em 1925. É nessa cidade que, onze anos mais tarde, tira as primeiras fotografias. Seguia a prática do seu avô, e a sensibilidade de sua mãe. Os Alpes vão ser um destino frequente nas férias de juventude. Não desperdiça a oportunidade de ir trabalhar em África, na universidade de Dakar. Das mais altas montanhas da Europa para a orla do mais tórrido deserto. O seu amor por Orlando Ribeiro trá-la a Portugal. Aqui permanece. A vivacidade do seu olhar é a de uma mulher de uma inabalável determinação e curiosidade pelo conhecimento do mundo. O seu rosto, hoje, é o mapa que foi desenhando ao longo de décadas, ou o atlas, condensado, de uma singular beleza. Este Atlas Suzanne Daveau constitui, com a reedição de O Ambiente Geográfico Natural, um díptico que faz uma introdução sumária ao pensamento geográfico de Suzanne Daveau. São as suas palavras…
  • O meu Nelson Mandela e outros contos Quick View
    • O meu Nelson Mandela e outros contos Quick View
    • O meu Nelson Mandela e outros contos

    • 10.00
    • Adicionar
    • Anton Kannemeyer Ed. MMMNNNRRRG 2016 | 9910000072642 | 32 pp. Anton Kannemeyer, que também assina como Joe Dog na melhor tradição punk do uso de pseudónimos podres, nasceu em 1967 na Cidade do Cabo, África do Sul, onde reside com a sua mulher e filhos. Fundou em 1992 com Conrad Botes a Bitterkomix (17 números até à data), publicação onde a sociedade africânder nunca sai ilesa de crítica. Como artista plástico, tem feito exposições em importantes instituições como o MOMA (Nova Iorque), o Museu de Arte Contemporânea da Austrália, MU (Eindhoven), Museu de Arte de Seul, MHKA (Antuérpia), Tennis Palace (Helsínquia), Yerba Buena (São Francisco), Studio Museum (Harlem) e o Museu de BD e Cartoon (Nova Iorque). Tem livros publicados na África do Sul, Alemanha, Finlândia, França e Portugal. Papá em África (MMMNNNRRRG; 2014) é o título que o traz ao Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora e que se mostrou controverso mas não impediu de ter sido inteligentemente premiado como Melhor Álbum Estrangeiro nos PrémiosNacionais de BD 2015 do Festival. Não…
  • Tudo tão grande Quick View
    • Tudo tão grande Quick View
    • Tudo tão grande

    • 12.50
    • Adicionar
    • Tudo tão grande - Canção cada vez maior Isabel Minhós Martins e Bernardo  P. Carvalho Planeta Tangerina 2021 | 9789899061019 Porque ficamos cada vez maiores ? De onde virá a vontade de crescer ? Será dos dias grandes ?  Das luas e das marés ? Será do sol ?  Ou da montanha imensa ? (Que grande mistério !)
  • Os Meus Amigos Quick View
    • Os Meus Amigos Quick View
    • Os Meus Amigos

    • 12.50
    • Adicionar
    • Taro Gomi Orfeu Mini 2021 | 9789898868947 Tenho muitos amigos e com eles aprendo a crescer. Um gato, uma formiga, um crocodilo, quem mais vai aparecer? Com um gato aprendi a andar. Com um cão, a saltar. Durmo a sesta como o crocodilo e beijo as flores como a borboleta. A formiga ensinou-me a olhar para baixo. O galo, a dar longos passeios. E os meus amigos da escola, o que me vão ensinar?  
  • Para Além da Ordem Quick View
    • Para Além da Ordem Quick View
    • Para Além da Ordem

    • 17.90
    • Adicionar
    • Jordan B. Peterson Lua de Papel 2021 | 9789892350677 | 488 pp. Depois de defender a necessidade de ordem em 12 Regras Para a Vida – o bestseller internacional que vendeu mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo -, Jordan Peterson desafia-nos agora a abraçar a força mobilizadora do caos. Em 12 Regras Para a Vida, o psicólogo clínico (e professor universitário) oferecia um antídoto para o caos em que vivemos: combater a instabilidade e a ansiedade contemporâneas recorrendo a verdades universais. Agora, em PARA ALÉM DA ORDEM, o autor mostra-nos como o Homem, na procura de um sentido, é obrigado a aventurar-se em terrenos desconhecidos - ou seja, tem de se socorrer da curiosidade e da vitalidade criativa que apenas habitam no caos. Peterson exorta-nos a abraçar os dois princípios fundamentais da realidade: pois a ordem, cujo excesso condena à submissão, é a força que ordena a nossa existência; e o caos, que sem controlo promove a disrupção, pode…
  • Artistas, Artesãs, Pioneiras Quick View
    • Artistas, Artesãs, Pioneiras Quick View
    • Artistas, Artesãs, Pioneiras

    • 25.00
    • Adicionar
    • Artistas, Artesãs, Pioneiras: Conversas singulares entre mulheres extraordinárias Maria Antónia Fiadeiro Ed. Caixa Alta 2020 | 9789893305539 | 550 pp. «Sou jornalista. Os olhos que vêem as coisas são.» Artistas, Artesãs, Pioneiras é composto por quase cem conversas com personalidades da arte e da cultura nacional - como Ana Salazar, Maria Mendes, Hélia Correia, Maria Antónia Palla, Paula Rego ou Lídia Jorge -, com artesãs - como Etelvina Faria dos Santos, bordadeira, ou Irene Mourão, carpinteira - e com mulheres dedicadas às áreas há pouco tempo abertas à participação feminina - como Cândida Alves, a primeira carteira em Portugal, ou Maria Arsénia, jardineira pública. Trata-se de uma recolha de vozes, experiências, saberes, sonhos e lamentos com um valor histórico inestimável, que nos permite ver um reflexo das ambições, dos obstáculos e dos desafios da mulher na sociedade portuguesa no fim do século XX e inícios do século XXI. Este é um livro singular, fruto do olhar sensível e atento, quase íntimo, de Maria…
  • José M. Rodrigues (Ph.05) Quick View
    • José M. Rodrigues (Ph.05) Quick View
    • José M. Rodrigues (Ph.05)

    • 19.00
    • Adicionar
    • José Manuel Rodrigues Imprensa Nacional Casa da Moeda 2020 | 9789722728188 Ph.05 José M. Rodrigues é um livro que percorre a obra deste fotógrafo, desde a sua produção recente e inédita com obras de 2020 até às primeiras fotografias do início dos anos 70 do século passado. O livro inclui o ensaio “Experimentar até ao limite” de Rui Prata onde se pode ler que «A obra de JMR espelha o personagem sedutor por essência, experimental por impulso, seduzido pela vida, que vivenciou grandes e pequenas paixões que lhe foram ditando o caminho. Duma quietude irrequieta, o seu fazer fotográfico carece de tempo para ver, refletir e construir.» Edição bilingue (português/Inglês)
  • Fotocópias Quick View
    • Fotocópias Quick View
    • Fotocópias

    • 16.00
    • Adicionar
    • ,
    • John Berger Antígona - Editores Refractários 2020 | 9789726083771 Nestas vinte e oito histórias, tão breves como envolventes, lembramos lugares, pessoas e encontros que deixaram uma impressão indelével em John Berger: Henri Cartier Bresson no metro de Paris, os gestos demorados de um estranho no café, uma travessia de ferry no Mediterrâneo, as palavras sussurradas por um prisioneiro, Barcelona a derreter ao sol de Verão - amigos e caminhantes com quem o autor se cruzou pelo mundo, pintando um fresco comovente da paisagem humana no fim do milénio. Imitando o fotógrafo com a sua câmara, John Berger segue, com palavras, «o impulso espontâneo de uma atenção visual perpétua, que capta o instante e a sua eternidade». Fotocópias (1996) - tiradas a algo que não nos pertence, a um original efémero ameaçado pela passagem do tempo, mas cuja imagem queremos conservar e recordar - captura com sensibilidade o que é fugaz, flashes ou revelações do trivial extraordinário, eternizando-os na página.
  • Todos Fazemos Tudo Quick View
    • Todos Fazemos Tudo Quick View
    • Todos Fazemos Tudo

    • 12.90
    • Adicionar
    • Madalena Matoso Planeta Tangerina 2011 | 9789898145383 Um soberbo álbum gráfico que evita as armadilhas do livro "sobre temas problemáticos". (...) Tirando partido da tradicional técnica do méli-melo e escolhendo prescindir do texto, a força deste álbum reside na sua força gráfica e na inteligência do seu propósito. (Sophie van der Liden, especialista em Literatura para a Infância)
  • Daqui ninguém passa Quick View
    • Daqui ninguém passa Quick View
    • Daqui ninguém passa

    • 13.50
    • Adicionar
    • Isabel Minhós Martins, Bernardo P. Carvalho Planeta Tangerina 2014 | 9789898145628 Havia um general que queria ser herói de uma história. Ora, para alguém se tornar herói de uma história é preciso enfrentar os perigos com coragem, ousar fazer o que acha que está certo. Por exemplo. Porque há muitos outros exemplos. Porém, o general desta história achava que o caminho mais rápido para ser herói era aparecer dentro de um livro. Mesmo sem fazer nada de especial. O general tinha um exército de guardas que seguia as suas ordens sem pestanejar. Todas as ordens, fossem elas quais fossem. Então, um dia, o general tomou uma resolução. Absurda, claro…
  • A Rainha do Norte Quick View
    • A Rainha do Norte Quick View
    • A Rainha do Norte

    • 13.90
    • Adicionar
    • Joana Estrela Planeta Tangerina 2017 | 9789898145796 Ser estrangeiro num país longínquo não é fácil. E ser feliz para sempre também não. Que o diga a rainha desta história. No seu caso, a tristeza já durava há tanto tempo que o rei começou a ficar seriamente preocupado. Habituado a comandar exércitos e a enfrentar inimigos com a sua espada, desta vez, porém, o rei não sabe contra quem lutar. Afinal que mal é este que tira todas as forças à rainha? E como o combater? A partir da Lenda das Amendoeiras em Flor, Joana Estrela cria uma história para todas as idades que deixa entrar solidão, saudade e tristeza. E também a reaprendizagem que é preciso fazer para seguir em frente.  
  • O urso que não era Quick View
    • O urso que não era Quick View
    • O urso que não era

    • 13.50
    • Adicionar
    • Frank Tashlin Bruaá 2016 | 9789898166296 O Urso sabia que quando os gansos voavam para sul, e as folhas começavam a cair das árvores, era sinal que o inverno estava para chegar e que em breve a floresta ficaria coberta pela neve. Era altura de hibernar. No entanto, quando alguns meses depois acorda, o urso não terá a floresta à sua espera, mas sim uma enorme fábrica que ali foi construída enquanto dormia. Onde estava a floresta? Onde estava a erva? Onde estavam as árvores? Onde estavam as flores? Que sítio era aquele? O urso sente-se perdido naquele sítio estranho, mas mais perdido vai ficar quando na fábrica todos lhe dizem que ele não é um urso, mas sim um homem tonto que precisa de fazer a barba e usa um casaco de peles. Será que o urso os vai conseguir convencer do contrário? Publicado em 1946, este texto hilariante e absurdo de Frank Tashlin contém todas as marcas de uma obra-prima…
  • Declaração Universal dos Direitos do Homem – Livro Pop-up Quick View
    • Declaração Universal dos Direitos do Homem – Livro Pop-up Quick View
    • Declaração Universal dos Direitos do Homem – Livro Pop-up

    • 13.50
    • Adicionar
    • Edicare 2017 | 9789896795443 Os direitos reconhecidos na Declaração dizem respeito a homens e mulheres, sem distinção alguma, seja de cor da pele, opinião política ou outra, religião ou país de origem. A destacar Engenharia do papel, pop-up, formato diferente; estimula a imaginação da criança e do adulto; no final, apresenta os 30 artigos da Declaração.
  • Diário e Registo Histórico de Invenções e Descobertas – Livro Pop-up Quick View
    • Diário e Registo Histórico de Invenções e Descobertas – Livro Pop-up Quick View
    • Diário e Registo Histórico de Invenções e Descobertas – Livro Pop-up

    • 18.95
    • Adicionar
    • Edicare 2010 | 9789896790370 De tempos a tempos, a história humana é marcada pelo despontar de grandes mentes cujo génio e originalidade mudam o mundo para sempre. Este livro admirável celebra esses pioneiros, recorrendo ao melhor da contemporânea arquitectura de papel para dar vida às suas extraordinárias realizações. Ideias inovadoras, da visão heliocêntrica de Copérnico ao fonógrafo e à lâmpada eléctrica de Edison, apresentadas em soberbas ilustrações, textos concisos e modelos tridimensionais. A prensa de Gutenberg, a máquina a vapor de Watt, o cinematógrafo dos Lumière, o radiotelégrafo de Marconi e o telefone de Bell erguem-se das páginas como marcos do percurso que conduziu ao mundo de hoje. Uma edição de coleccionador que vai inspirar crianças e adultos.
  • Galileu – Livro Pop-up Quick View
    • Galileu – Livro Pop-up Quick View
    • Galileu – Livro Pop-up

    • 18.95
    • Adicionar
    • Galileu - Observações,  Experiências & Inventos Edicare 2009 | 9789898173607 Recheado de pop-ups baseados nas ideias e inventos de Galileu, além de muitas citações originais, este livro celebra as realizações de um grande homem de uma forma que, embora ficcional, se baseia nos seus trabalhos e se mantém fiel ao seu espírito. Há quatrocentos anos, Galileu Galilei voltou o seu telescópio para os céus e fez descobertas que iriam desafiar as ideias convencionais sobre o Universo e acabariam por levar a Inquisição a acusá-lo de heresia. Mas Galileu não foi apenas um astrónomo controverso. Foi matemático, filósofo e um inventor inspirado. Era um homem que gostava de partilhar as suas ideias e que, ao longo da vida, publicou várias obras ainda hoje apreciadas. Book trailler
  • O dicionário do menino Andersen Quick View
    • O dicionário do menino Andersen Quick View
    • O dicionário do menino Andersen

    • 13.90
    • Adicionar
    • Gonçalo M. Tavares, Madalena Matoso Planeta Tangerina 2015 | 9789898145697 Gonçalo M. Tavares encontrou-se com Andersen (ainda menino) para criar um novo dicionário. Depois de o lermos, o nosso olhar sobre coisas aparentemente tão banais como um armário, uma cadeira, uma escova de dentes ou um submarino mudarápara sempre. O menino Andersen era um grande inventor e não andava nada satisfeito com as de nições que lia no dicionário. Por isso decidiu começar a escrever, ele mesmo, um dicionário novo; um dicionário que entusiasmasse os seus amigos. Eis uma entrada da letra M: Mosquito–Animal que estámal sintonizado.
  • Mãe Quick View
    • Mãe Quick View
    • Mãe

    • 16.90
    • Adicionar
    • Anna Llenas Porto Editora 2020 | 9789720712707 Mãe-casa, mãe-refúgio, mãe-mar... Bebé-semente, bebé-luz, bebé-flor... Ser mãe é uma das coisas mais maravilhosas que pode acontecer na vida. É uma ligação muito especial com outro ser, que começa na gestação e se mantém para a vida toda. Este livro pretende acompanhar a magnífica experiência que é a gravidez, para que, um dia, possam recordar o que viveram e sentiram.
  • Adivinha o Quanto Gosto de Ti – Livro-Puzzle Quick View
    • Adivinha o Quanto Gosto de Ti – Livro-Puzzle Quick View
    • Adivinha o Quanto Gosto de Ti – Livro-Puzzle

    • 16.90
    • Adicionar
    • Sam Mcbratney Editorial Caminho 2020 | 9789722130257 Às vezes, quando gostamos muito, muito de alguém, queremos encontrar uma maneira de descrever como os nossos sentimentos são grandes. Mas como descobrem a Pequena Lebre Castanha e Grande Lebre Castanha, o amor não é coisa fácil de medir. Junta as peças para veres o quanto a Grande Lebre Castanha gosta da Pequena Lebre Castanha neste maravilhoso livro puzzle, adaptado do grande sucesso de vendas.
  • Pergunta ao teu Pai Quick View
    • Pergunta ao teu Pai Quick View
    • Pergunta ao teu Pai

    • 14.50
    • Adicionar
    • Pergunta ao teu Pai e outras frases misteriosas dos adultos Davide Cali, Noemi Vola Bruaá 2019 | 9789898166432 “Pergunta ao teu pai e outras frases misteriosas dos adultos”, o manual de interpretação que as crianças tanto têm procurado.
  • Lá Fora Quick View
    • Lá Fora Quick View
    • Lá Fora

    • 24.60
    • Adicionar
    • Lá Fora - Guia Para Descobrir a Natureza Maria Ana Peixe Dias, Inês Teixeira do Rosário Planeta Tangerina 2014 | 9789898145581 | 368 pp. Lá Fora De quem será esta pegada? O que faz aqui esta minhoca? Será um sapo ou uma rã? Como se chama esta árvore? Mesmo que moremos numa grande cidade, existe sempre natureza lá fora: nuvens e estrelas, árvores e flores, rochas e praias, aves, répteis ou mamíferos. O que esperamos então? Saltemos do sofá e iniciemos a exploração! Criado com a colaboração de uma equipa de especialistas portugueses, este livro pretende despertar a curiosidade sobre a fauna, a flora e outros aspetos do mundo natural que podem ser observados em Portugal. Inclui também propostas de atividades e muitas ilustrações, para ajudar toda a família a ganhar balanço, sair de casa e descobrir - ou simplesmente contemplar - todo o mundo incrível que existe "Lá fora".  
  • Cá Dentro Quick View
    • Cá Dentro Quick View
    • Cá Dentro

    • 24.60
    • Adicionar
    • Cá Dentro: guia para descobrir o cérebro Isabel Minhós Martins, Maria Manuel Pedrosa, Bernardo P. Carvalho Planeta Tangerina 2017 | 9789898145819 | 368 pp. Na Antiguidade julgava-se que o orgão responsável pelos nossos pensamentos e emoções era o coração. Hoje já sabemos que tudo o que somos - pensamentos, emoções, decisões, ideias - acontece dentro do cérebro, em conversa contínua com o resto do corpo. Mas como nasce um pensamento? Como funciona o cérebro? Como é que o cérebro guarda o que aprende? Como se emociona, cria, inventa e faz de cada um de nós uma pessoa única e irrepetível? Construído com o apoio de uma equipa de neurocientistas, filósofos e psicólogos, Cá Dentro acompanha a evolução do cérebro desde o primeiro segundo, mostra-nos a incrível realidade construída com a ajuda dos sentidos, explica-nos como aprendemos, decidimos ou agimos e também como nos ligamos às outras pessoas, outros cérebros. Se todas as experiências da vida contribuem para moldar o nosso cérebro, esperamos que esta leitura contribua para um cérebro (ainda) mais curioso, motivado e feliz.…
  • Pê de Pai Quick View
    • Pê de Pai Quick View
    • Pê de Pai

    • 11.90
    • Adicionar
    • Isabel Minhós Martins Planeta Tangerina 2006 | 9789729941078 Um pai é capaz de se transformar nas coisas mais incríveis: num tractor, num escadote, num colchão ou num esfregão... Um livro que olha de perto a relação de cumplicidade entre pai e filho. E que convida filhos e pais a descobrirem-se juntos ao virar de cada página.
  • Clementine Quick View
    • Clementine Quick View
    • Clementine

    • 19.00
    • Adicionar
    • Roberto Innocenti Kalandraka 2018 | 9789897490965 Um grande temporal e um naufrágio marcam o início de “Clementine”, a história fictícia de um leal capitão e do seu amado navio de carga que durante quase meio século – desde a sua construção no início da década de 1930 até ao seu final no fundo do mar – percorreu os portos do mundo inteiro: do Pacífico aos confins do continente africano, passando pelas costas árticas e asiáticas, tanto em tempos de paz como durante a II Guerra Mundial, altura em que foi utilizado pela Marinha dos Estados Unidos na contenda bélica. Através de um texto simples e pelo recurso a flashbacks, Roberto Innocenti transporta-nos do presente ao passado, fazendo uma viagem pelo solo geográfico e cronológico, ao mesmo tempo que percorre a biografia do protagonista.
  • Maldita Matemática Quick View
    • Maldita Matemática Quick View
    • Maldita Matemática

    • 15.00
    • Adicionar
    • Arkádi Avértchenko Bruaá 2020 | 9789898166456 Semion Pantalíkin, miúdo fantasista e sonhador, arranjava maneira de exagerar todos os acontecimentos e, em geral, de ver em tudo o lado mais sombrio. Foi o que também aconteceu no dia em que o professor de Matemática ditou um problema diabolicamente difícil e apenas deu vinte minutos para o resolver. Um enunciado de tal forma abstrato que Semion, que vivia tão-somente no meio das imagens concretas, se vê obrigado a imaginar uma trama que lhe possa oferecer respostas, mas tudo o que consegue são mais e mais perguntas. E os vinte minutos estão a terminar…  
  • O Período Azul do Melro Quick View
    • O Período Azul do Melro Quick View
    • O Período Azul do Melro

    • 11.90
    • Adicionar
    • Marion Deuchars Bizâncio 2019 | 9789725306239 O Melro adora pintar na companhia do seu melhor amigo: o morcego. Porém, certo dia, o morcego resolveu partir numa grande viagem e o Melro ficou triste. Tentou pintar, mas tudo o que pintava era azul e triste. Os seus amigos tudo fizeram para o animar, mostrando-lhe quantas cores bonitas existem no mundo, mas o Melro continuava triste, muito triste... Conseguirão os seus amigos fazê-lo descobrir de novo o prazer das cores? E o morcego, regressará para voltar a pintar com o amigo Melro? Depois de O Melro Artista, chega agora O Período Azul do Melro, um livro sobre a importância da amizade, com as belíssimas ilustrações a que Marion Deuchars já nos habituou.
  • Gelsomino no País dos Mentirosos Quick View
    • Gelsomino no País dos Mentirosos Quick View
    • Gelsomino no País dos Mentirosos

    • 15.00
    • Adicionar
    • Gianni Rodari, Pablo Otero Kalandraka 2020| 9789897491351 Os súbditos daquele reino viviam subjugados por leis injustas, e a verdade primava pela sua ausência. Mas Gelsomino, com a ajuda de um fantástico gato, decidiu revelá-la, não hesitando em abrir armários, levantar tapetes, puxar mantas e arejar os aposentos do palácio real… “Gelsomino no país dos mentirosos” é mais um clássico da literatura infantojuvenil da autoria de Gianni Rodari, publicado por ocasião do centenário do seu nascimento, e com ilustrações de Pablo Otero, cujas cores, formas e figuras geométricas utilizadas se moldam subtilmente a esta obra.
  • O Museu do Pensamento Quick View
    • O Museu do Pensamento Quick View
    • O Museu do Pensamento

    • 16.90
    • Adicionar
    • Joana Bértholo e Pedro Semeano Editorial Caminho 2017 | 9789722128476 Este Museu é especialíssimo porque se dedica a compilar e proteger um bem essencial... Já alguma vez pensaram onde vão parar os pensamentos depois de passarem pela vossa cabeça? O que é que lhes acontece? Nunca pensaram nisso? Nunca mesmo? Nunca tiveram assim um pensamento tão grande, tão pesado, que vos fizesse doer a cabeça? Nunca tiveram assim um pensamento tão bonito ou divertido que vos deixasse feliz sem ter de acontecer mais nada? O guia Miguel irá conduzir-nos pelos meandros do pensamento...
  • O Gnu e o Texugo Quick View
    • O Gnu e o Texugo Quick View
    • O Gnu e o Texugo

    • 13.90
    • Adicionar
    • Ana Pessoa Planeta Tangerina 2020 | 9789898145529 Às vezes vamos pelos ares. O vento empurra-nos para novos lugares e nós lá vamos com ele. Foi o que aconteceu ao gnu e ao texugo nesta história. E foi também o que aconteceu a este livro, que andou às voltas e às voltas e ficou todo baralhado. Quem estará do outro lado do vento? Na verdade nunca sabemos. Resta-nos esperar que esteja lá alguém muito simpático que acenda a luz e nos receba em sua casa.
  • O Tigre na Rua e Outros Poemas Quick View
    • O Tigre na Rua e Outros Poemas Quick View
    • O Tigre na Rua e Outros Poemas

    • 14.00
    • Adicionar
    • AA VV Bruaá 2020 | 9789898166159 | 40 pp. Da mesma forma que pensamos e nos admiramos como pode um tigre, sem mais nem menos, aparecer na rua, tal como no poema de Daniil Harms, também com igual surpresa reagimos ao facto da poesia andar tão arredada do dia-a-dia de tanta gente. Rendidos aos lugares comuns, impávidos e serenos face à uniformização cultural, adormecidos por discursos palavrosos, assistimos ao delapidar do carácter luminoso e dissonante da palavra. Razões mais que suficientes para que todos os momentos sejam poucos para celebrar a poesia e nela encontrarmos o contraponto e a resistência perante este estado de coisas. Assim surge este livro: mais uma porta, ou janela, se preferirem, para a poesia. Uma colheita de poemas que é um pequeno contributo para que, de facto, possamos ir ao encontro de uma realidade ainda um pouco distante, ou seja, uma verdadeira diversidade na oferta deste género, pois se as boas antologias de poesia portuguesa para infância…
  • A Canção do Jardineiro Louco Quick View
    • A Canção do Jardineiro Louco Quick View
    • A Canção do Jardineiro Louco

    • 14.00
    • Adicionar
    • AA VV Bruaá 2019 | 9789898166425 Depois de “O Tigre na Rua”, eis que nos chega “A Canção do Jardineiro Louco”, um segundo livro mundial de poesia que a Bruaá oferece aos seus leitores, onde podemos encontrar mais uma boa dose de deliciosos versos humorísticos servidos por poetas de tempos e sítios diversos. Poemas que expandem o nosso horizonte criativo, que nos encorajam a experimentar e a quebrar preconceitos e formas tradicionais. Todos eles convites a brincar com as palavras, como escreveu o poeta brasileiro José Paulo Paes, “quanto mais se brinca/ com elas/ mais novas ficam./ Como a água do rio/ que é água sempre nova./ Como cada dia/ que é sempre um novo dia./ Vamos brincar à poesia?”
  • Atlas das Viagens e dos Exploradores Quick View
    • Atlas das Viagens e dos Exploradores Quick View
    • Atlas das Viagens e dos Exploradores

    • 24.60
    • Adicionar
    • Isabel Minhós Martins Planeta Tangerina 2018 | 9789898145864 Há poucos séculos, não conhecíamos os limites do planeta e muitas áreas do mundo continuavam isoladas, sem ligação umas com as outras. Desconhecíamos não apenas as terras e as espécies que existiam noutras regiões, mas também as outras pessoas e as suas culturas. Para sabermos o que era o mundo, tivemos de nos fazer ao caminho: de burro, de camelo, de barco ou a pé, saímos de casa rumo ao desconhecido e regressámos com as novidades espantosas de outros lugares. As viagens de monges, botânicos, comerciantes, marinheiros ou artistas deram contributos importantes para conhecermos melhor o planeta e sabermos da existência uns dos outros. Estes viajantes — de todos os tempos e lugares — são as personagens principais deste livro, onde não faltam mapas e muitas, muitas aventuras.
  • Alice, Do Outro Lado do Espelho e o que Lá Encontrou Quick View
    • Alice, Do Outro Lado do Espelho e o que Lá Encontrou Quick View
    • Alice, Do Outro Lado do Espelho e o que Lá Encontrou

    • 17.80
    • Adicionar
    • Lewis Carroll Editora Exclamação 2017 | 9789899995833 Esta história inicia-se numa noite de neve exactamente seis meses depois das aventuras de Alice no País das Maravilhas. Nesta narrativa utilizam-se mudanças frequentes no tempo e direcções espaciais semelhantes às que ocorrem num tabuleiro de jogo de xadrez. Carroll incorpora muitos temas alusivos às imagens espelhadas como aquelas que representam os opostos. - Luisa Ferreira Nunes
  • Alice – As Aventuras no País das Maravilhas Quick View
    • Alice – As Aventuras no País das Maravilhas Quick View
    • Alice – As Aventuras no País das Maravilhas

    • 17.80
    • Adicionar
    • Lewis Carrol Editora Exclamação 2017 | 9789899916395 “Ó céus! Ó céus! Vou chegar atrasadíssimo! Mas quando o Coelho tirou um relógio do bolso do seu colete, olhou para ele, e depois apressou o passo, Alice pôs-se rapidamente em pé, pois lembrou-se de que nunca vira um coelho, nem com um colete, nem com um relógio que pudesse tirar de lá e, roída de curiosidade, correu pelo campo fora atrás dele. Foi mesmo a tempo de vê-lo saltar para dentro de uma grande toca de coelho debaixo da cerca.”
  • Eva e os Animais Quick View
    • Eva e os Animais Quick View
    • Eva e os Animais

    • 14.39
    • Adicionar
    • Matt Haig Booksmile 2020 | 9789896689308 A Eva tem um SUPERPODER SECRETO. Esse dom permite-lhe OUVIR os pensamentos de um elefante ou ser amiga de um cão e de um pardal. Mas é um dom perigoso. MUITO perigoso. Pelo menos, é o que o pai dela diz. Por isso, a Eva prefere manter o seu dom em segredo… Afinal, o pai acha mesmo que aquilo é uma maldição. Só que, um dia, a Eva tem um perigoso frente a frente com uma leoa e as coisas começam a correr mal. De repente, o pai e todos os animais da cidade ficam em perigo, e a Eva está determinada a salvá-los e a descobrir a verdade sobre o seu próprio passado. Para isso, terá de travar uma batalha com um homem misterioso, que possui o dom mais poderoso de todos. Chegou a hora de a Eva se redescobrir e abraçar o seu dom. Mas será que ela se atreve a usar o seu…
  • A Estrela Que Vejo da Minha Janela Quick View
    • A Estrela Que Vejo da Minha Janela Quick View
    • A Estrela Que Vejo da Minha Janela

    • 14.99
    • Adicionar
    • Onjali Q. Raúf Booksmile 2021 | 9789895642601 | 304 pp. Da autora do multipremiado O Rapaz ao Fundo da Sala, chega-nos um livro doce e encantador. Uma história mais que perfeita, contada pela voz de uma criança. A Aniyah só tem 10 anos, mas sabe que a mãe não desapareceu para sempre. As pessoas com os corações mais especiais nunca nos deixam de verdade: elas tornam-se estrelas e brilham eternamente no céu. Quando é anunciado o nascimento de uma nova estrela, a Aniyah tem a certeza de que aquela é a sua mãe. E, ao descobrir que o Observatório de Londres criou um concurso para dar um nome àquele novo ponto brilhante, a Aniyah viaja secretamente para a capital inglesa, determinada a convencer toda a gente a dar à estrela o nome da sua mãe. Acompanhada pelo pequeno irmão e dois novos amigos, a Aniyah embarca na maior aventura da sua vida. Pelo meio, o grupo contará com a ajuda inesperada de…
  • Gosto, Logo Existo Quick View
    • Gosto, Logo Existo Quick View
    • Gosto, Logo Existo

    • 17.90
    • Adicionar
    • Gosto, Logo Existo - Redes sociais, jornalismo e um estranho vírus chamado fake news Isabel Meira 2020 | 9789898145482 Quando nasceste já estava tudo ligado e nem te parece possível que o mundo funcione de outra forma. No entanto, a internet mudou - e ainda está a mudar - muita coisa no mundo, incluindo o jornalismo. Através da internet, apareceram gigantes invisíveis como a Google e o Facebook que, não sendo empresas de jornalismo, transformaram a nossa forma de aceder à informação. Nas redes sociais, as notícias parecem supersónicas e as visualizações, os likes e as partilhas podem chegar aos milhões. O problema é que os rumores, os boatos e as mentiras também. Habituámo-nos a receber a informação e a desinformação que nos chega através de algoritmos secretos. Vivemos numa enorme bolha de likes e partilhas. Mas será que conhecemos bem as regras do jogo? Este livro acredita que é importante fazer perguntas e que as respostas não estão todas no Google.…
  • Talvez Quick View
    • Talvez Quick View
    • Talvez

    • 13.99
    • Adicionar
    • ,
    • Morris Gleitzman 2021 | 9789895642144 | 272 pp. Autor Multipremiado «Talvez fique tudo bem. Talvez eu devesse parar de pensar nas coisas más e concentrar-me nas coisas boas.» Estamos em 1946 e Felix, um rapaz judeu de 14 anos, está de partida da Polónia para a Austrália, à procura de um sítio seguro onde possa recomeçar a sua vida. A guerra terminou, mas a Polónia está em ruínas e não é um lugar onde ele e o seu amigo Gabriek se sintam a salvo. Com eles vive agora Anya, que está grávida e dependente da proteção deles. A viagem proporcionada pelo Governo da Austrália é bastante atribulada. A amizade e coragem dos três amigos é posta constantemente à prova e os conhecimentos de medicina que Felix foi adquirindo nos últimos anos vão ser cruciais. Mas chegar a este país não vai ser o fim das dificuldades. Há um homem em busca de vingança que está disposto a persegui-los até ao fim dos…
  • A Árvore dos Desejos Quick View
    • A Árvore dos Desejos Quick View
    • A Árvore dos Desejos

    • 13.30
    • Adicionar
    • ,
    • William Faulkner Ponto de Fuga 2017 | 9789899975934 A Árvore dos Desejos é o único livro infantil de William Faulkner e terá sido escrito pouco depois da publicação do seu primeiro romance, A Recompensa do Soldado (1926). Onírica e poética, a história, com personagens que encolhem, árvores que detêm poderes mágicos ou póneis que saem de uma sacola, antecipa vários recursos narrativos e estilísticos do romance mais célebre do autor, O Som e a Fúria (1929). A 5 de fevereiro de 1927, Faulkner ofereceu um exemplar de A Árvore dos Desejos, datilografado e encadernado por si, à pequena Victoria Franklin, que celebrava nesse dia o oitavo aniversário. Victoria era filha de Estelle Oldham, uma antiga namorada de adolescência por quem o escritor continuava apaixonado, a ponto de, insistentemente, tentar convencê-la a pôr termo ao casamento infeliz e a casar-se com ele, o que veio a conseguir em 1929. No entanto, até à morte de Faulkner, em 1962, a história nunca foi publicada. Em 1964, a Random House divulgou…
  • O Gourmet Solitário Quick View
    • O Gourmet Solitário Quick View
    • O Gourmet Solitário

    • 19.99
    • Adicionar
    • Jiro Taniguchi, Masayuki Kusumi Devir 2020 | 9789895594597 | 200 pp. Com um paladar requintado, mas que aprecia também os pratos mais simples, o Gourmet Solitário deambula pelos restaurantes, em zonas populares e outras mais recônditas ou menos bem frequentadas. Em cada uma das histórias deste livro acompanhamos o personagem na degustação de pratos japoneses, que lhe despertam emoções, pensamentos… e nos transmitem, com alguma nostalgia e um prazer profundos, os ambientes de uma cultura e da sua gastronomia.
  • Évora – Cidade Esotérica e Misteriosa Quick View
    • Évora – Cidade Esotérica e Misteriosa Quick View
    • Évora – Cidade Esotérica e Misteriosa

    • 18.17
    • Adicionar
    • ,
    • Joaquim Palminha Silva Europress 2018 | 9789725592611 | 270 pp. "A actual investigação sobre o passado de Évora perde-se em descrições de estilos e narrativas factuais, mais ou menos fastidiosas, e passa ao lado dos aspectos relativos ao sagrado, a uma espiritualidade profunda, tradicional, a um saber de que quase perdemos a memória. Olha com displicente indiferença as inúmeras mensagens que, de forma mais ou menos esotérica, nos querem comunicar algo mais que as suas artes decorativas, que nos querem comunicar uma outra história da Cidade, mais profunda. Mas como podemos nós chegar até estes sinais e estas mensagens, arredados da visão de tanto investigador, apesar de uns e outras terem estado sempre lá, nos lugares onde foram inscritos? - Ultrapassando os nevoeiros! Nevoeiros contemporâneos que recobrem, e tentam depois pulverizar o que porventura ainda se mantém da essencial percepção iluminante das relações subtis do homem com a Cidade. A Cidade hipnotiza com uma velada força magnética, espiritual, praticamente indecifrável, paralela à…
  • Guerreiros da Tempestade Quick View
    • Guerreiros da Tempestade Quick View
    • Guerreiros da Tempestade

    • 17.70
    • Adicionar
    • Bernard Cornwell Saída de Emergência 2020 | 9789897733062 Os inimigos aproximam-se. A paz tão duramente alcançada está em risco. Depois da morte do rei Alfredo, os seus dois filhos governam os territórios do Wessex e da Mércia, que vivem numa frágil paz. Uhtred, o grande guerreiro, controla a parte norte da fortificada cidade de Chester. Mas ninguém os poderá preparar para a tempestade que está prestes a abater-se sobre eles. Liderados por Ragnall Iverson, o temido guerreiro viking e líder implacável, os nortenhos, aliados aos irlandeses, aproximam-se em força a coberto da noite, mas ninguém sabe o que pretendem. Atacar Chester? Pilhar a Mércia? Controlar o conturbado reino da Nortúmbria? Na luta entre dever familiar e lealdade aos guerreiros, entre ambição pessoal e compromissos políticos, não há um caminho fácil. Mas se há uma saída, só um homem com a coragem de um verdadeiro guerreiro é capaz de a encontrar. Este homem é Uhtred, e este momento é decisivo para o seu…
  • Como Aprendi a Compreender o Mundo Quick View
    • Como Aprendi a Compreender o Mundo Quick View
    • Como Aprendi a Compreender o Mundo

    • 17.70
    • Adicionar
    • Hans Rosling Temas e Debates 2021 | 9789896446581 | 280 pp. Eis as memórias, comoventes e divertidas, de Hans Rosling, génio sueco da estatística, extraordinário investigador e coautor do bestseller global Factfulness, com Ola Rosling e Anna Rosling Rönnlund. Foram os factos que o ajudaram a explicar a maneira como o mundo funciona. Mas foram a curiosidade e o empenho que fizeram de Hans Rosling (1948-2017) um dos mais populares investigadores do nosso tempo. Como Aprendi a Compreender o Mundo é a história, contada pelo próprio Hans Rosling, de como se tornou um pensador revolucionário. O seu relato transporta-nos do calor sufocante das urgências de um hospital em Moçambique ao Fórum Económico Mundial em Davos. Em colaboração com a jornalista sueca Fanny Härgestam, Hans Rosling escreveu esta memória com a mesma alegria do comunicador que fazia o mundo inteiro parar para o ouvir.
  • Irmãs Quick View
    • Irmãs Quick View
    • Irmãs

    • 14.99
    • Adicionar
    • ,
    • Raina Telgemeier Devir 2017 | 9789895593750 | 208 pp. Uma história real sobre crescer... com uma irmã. Com o seu humor e encanto habituais, Raina conta-nos a história da sua relação com Amara, a irmã mais nova. Uma relação turbulenta, que vamos conhecendo pouco a pouco, durante uma longa viagem de carro desde a Califórnia até ao Colorado.
  • Sexo e o Absoluto Falhado Quick View
    • Sexo e o Absoluto Falhado Quick View
    • Sexo e o Absoluto Falhado

    • 25.90
    • Adicionar
    • Slavoj Zizeck Edições 70 2020 | 9789724423593 | 500 pp. Na mais rigorosa articulação do seu sistema filosófico, Slavoj Zizek oferece nesta obra nada menos do que uma nova definição de materialismo dialético. Ao forjar esse novo materialismo, Zizek critica e desafia não apenas o trabalho de Alain Badiou, Robert Brandom, Joan Copjec, Quentin Meillassoux e Julia Kristeva (para citar apenas alguns), mas também uma pletora de temas, desde a ciência popular e a mecânica quântica até à diferença sexual e a filosofia analítica. Novas leituras radicais de Hegel e Kant surgem a par de animados comentários sobre cinema, política e cultura. Aqui está Zizek no seu melhor.
  • A Política do Impossível Quick View
    • A Política do Impossível Quick View
    • A Política do Impossível

    • 15.00
    • Adicionar
    • A Política do Impossível - Ensaios e Artigos Seleccionados Stig Dagerman VS. 2019 | 9789895453412 A coisa mais importante para a literatura do século XX foi a psicanálise, com a sua profunda abertura de perspectiva sobre o ser humano, e Ulisses, de Joyce, com a sua inexaurível exposição das inexauríveis possibilidades da criação literária. Que espero eu? Uma literatura independente que combata pelos direitos inalienáveis dos seres humanos aprisionados nas organizações políticas e de massa: liberdade, fuga e traição. Liberdade de não escolha entre aniquilação e extermínio, fuga do futuro campo de batalha em que se está a preparar um desastre, traição de todo o sistema que criminalize a consciência, o medo e o amor ao próximo.
  • 9 Meses Quick View
    • 9 Meses Quick View
    • 9 Meses

    • 22.50
    • Adicionar
    • Jean-Marc Fiess Edicare 2016 | 9789896793784 9 meses à espera de um bebé, 9 meses habitados pela alegria e pelo desconhecido, 9 meses de poesia e uma declaração de amor a 3 dimensões.
  • Rio Quick View
    • Rio Quick View
    • Rio

    • 20.50
    • Adicionar
    • ,
    • Esther Kinsky Bazarov 2021 | 9789895479283 | 352 pp. Carregado de pungência e filigrana poética, Rio é uma ode à observação, ao efémero e à memória. Neste romance, que confirma Esther Kinsky como uma das mais interessantes vozes da literatura germânica, a narradora relembra os rios que encontrou na sua vida — desde o Reno até um riacho em Telavive — ao longo de uma série de longas e solitárias caminhadas, desdobrando-se suavemente numa prosa hipnótica, precisa e límpida.
  • Teoria das Cordas Quick View
    • Teoria das Cordas Quick View
    • Teoria das Cordas

    • 16.00
    • Adicionar
    • David Foster Wallace Bazarov 2020 | 9789899025011 | 152 pp. Aqui finalmente reunidos, os cinco ensaios de David Foster Wallace sobre ténis, escritos com o conhecimento de um jogador semiprofissional, o entusiasmo de um apaixonado pela modalidade e o primor e a pungência de um escritor sublime. Ruminante, digressivo, lírico, hilariante, depressivo e às vezes lunático, Teoria das Cordas revela todos os elementos da prosa do escritor americano e consagra-o como um dos mais brilhantes ensaístas de sempre.
  • Deserto Sonoro Quick View
    • Deserto Sonoro Quick View
    • Deserto Sonoro

    • 20.00
    • Adicionar
    • ,
    • Valeria Luiselli Bazarov 2020 | 9789899025004 | 424 pp. Neste livro feroz e imaginativo de Valeria Luiselli, um casal parte com os dois filhos numa viagem de Nova Iorque ao Arizona. À medida que viajam para oeste, os laços e a intimidade começam a desgastar-se, a família desfaz-se, as crianças fogem. Uma obra de um virtuosismo literário de tirar o fôlego, Deserto Sonoro é oportuno, compassivo, formalmente inventivo — uma obra poderosa e urgente sobre o ser humano num mundo desumano e a linguagem enquanto agente da violência e da cura.
  • Uma Coisa Elementar Quick View
    • Uma Coisa Elementar Quick View
    • Uma Coisa Elementar

    • 17.00
    • Adicionar
    • Eliot Weinberger Bazarov 2020 | 9789895479276 | 224 pp. Eliot Weinberger conduz o ensaio a territórios inexplorados, nas fronteiras entre a poesia e a narrativa, onde a única lei é o imperativo de toda a informação ser verificável. Uma Coisa Elementar conduz-nos através de histórias, fábulas e meditações sobre as dez mil coisas no universo: o vento e o rinoceronte, santos católicos e pessoas chamadas Chang, as tribos ancestrais na fronteira Irão-Iraque ou nas montanhas da Nova Guiné.
  • Os Fantasmas Quick View
    • Os Fantasmas Quick View
    • Os Fantasmas

    • 13.00
    • Adicionar
    • ,
    • César Aira Bazarov 2020 | 9789895479269 | 144 pp. É o último dia do ano num prédio em construção em Buenos Aires. Nele, Os Fantasmas flutuam nus, são presenças estranhas e ao mesmo tempo naturais na estrutura oca, desabitada e inacabada. Aqui, tudo acontece como se nada tivesse acontecido, como se tivéssemos em mãos uma história lenta, onde as cuidadosas descrições de César Aira nos levam a outra história que só entendemos quando terminado o livro e começado um novo ano.
  • Um Apartamento em Urano Quick View
    • Um Apartamento em Urano Quick View
    • Um Apartamento em Urano

    • 20.00
    • Adicionar
    • Paul B. Preciado Bazarov 2020 | 9789895479252 | 300 pp. Urano, o gigante gélido, é o planeta mais frio do sistema solar e uma divindade na mitologia grega. É, também, a inspiração para o uranismo, um conceito cunhado pelo escritor Karl Heinrich Ulrich em 1864 para definir o terceiro sexo. Seguindo Ulrich, Paul B. Preciado sonha com UM APARTAMENTO EM URANO, onde o autor pode viver além do poder existente, dos espartilhos de género e das restrições raciais inventadas pela modernidade.
  • As Planícies Quick View
    • As Planícies Quick View
    • As Planícies

    • 14.50
    • Adicionar
    • ,
    • Gerald Murnane Bazarov 2020 | 9789895479245 Este romance é o retrato de famílias obcecadas com a terra e a herança, com a cultura e a mitologia, e de um homem que se aventura no seu mundo. As PLANÍCIES é um esboço de imaginação onde Gerald Murnane, considerado por muitos o maior escritor australiano da actualidade, convida não à leitura mas à meditação, uma fábula sobre o carácter mutável da vida que o leitor recordará não como algo que leu mas que possivelmente sonhou.
  • A Lua Quick View
    • A Lua Quick View
    • A Lua

    • 13.00
    • Adicionar
    • Joachim Kalka Bazarov 2020 | 9789895479238 A simbologia e a influência da Lua ao longo de nossa história são tão amplas quanto diversas, tão antigas quanto vigentes. Existem infinitas rotas que se podem traçar em torno deste astro que sempre esteve lá, testemunha e parte do desenvolvimento das civilizações. Joachim Kalka apresenta neste livro uma paisagem tão erudita quanto pessoal que orbita em torno da Lua, inspiração para artistas, culturas, mitologias ou lendas.
  • A Tempestade Quick View
    • A Tempestade Quick View
    • A Tempestade

    • 17.00
    • Adicionar
    • ,
    • Vladimir Sorokin Bazarov 2020 | 9789895479221 | 192 pp. Numa odisseia distópica e sombriamente cómica, um médico da zona rural da Rússia, tenta desesperadamente chegar à vila de Dolgoye. A TEMPESTADE que se abate sobre o seu caminho transforma uma viagem que deveria levar poucas horas numa jornada metafísica, alegórica. Presos nesta tempestade existencial, os personagens de Vladimir Sorokin traçam caminho por uma paisagem caricaturada da Rússia contemporânea e cenários pós-apocalípticos.
  • Ensaísmo Quick View
    • Ensaísmo Quick View
    • Ensaísmo

    • 15.00
    • Adicionar
    • Brian Dillon Bazarov 2020 | 9789895479214 | 144 pp. Como o próprio estilo da escrita de Brian Dillon — aglomerativo, associativo, digressivo, curioso, apaixonado e desapaixonado —, este é um livro que ramifica as possibilidades do ensaio. Ensaísmo é um estudo da melancolia e da depressão, uma carta de amor para as belas letras e um relato das vidas ​​de leitura e de escrita, sob orientação de Montaigne, Virginia Woolf, Barthes, Adorno, Walter Benjamin, Georges Perec ou Susan Sontag.
  • Censo Quick View
    • Censo Quick View
    • Censo

    • 17.00
    • Adicionar
    • ,
    • Jesse Ball Bazarov 2020 | 9789895479207 | 240 pp. Sabendo que o seu tempo de vida é curto, um pai leva o filho numa viagem de duração indefinida por um país sem nome, da cidade A à cidade Z, aceitando levar a cabo um misterioso censo estatal. Os sentimentos um pelo outro são desafiados e reforçados à medida que entram e saem das casas de pessoas que desconhecem. Censo é uma história de discriminação e aceitação, bondade e arte, educação e amor, profundamente comovente, onde Jesse Ball brilha com sabedoria e graça.
  • Mulheres, Trabalho e Alentejo Quick View
    • Mulheres, Trabalho e Alentejo Quick View
    • Mulheres, Trabalho e Alentejo

    • 17.50
    • Adicionar
    • ,
    • Mulheres, Trabalho e Alentejo - Caderno de Histórias de Vida Marília Ribeiro, Marta Nunes Colibri 2019 | 9789896898830 Quando em 1995 perdi alguém que me é querido, o meu coração apelou para que continuasse a viver com essa pessoa. Hoje vivo com ela de uma forma plena, porque sinto que se tornou imortal. Foi este o modo que encontrei para valorizar o percurso da minha mãe e de algumas outras mulheres deste recanto do Alentejo. São histórias que ficam registadas e que serão revividas sempre que alguém as procure neste livro. O trabalho, a vida amorosa e familiar, as dificuldades económicas do seu tempo, os divertimentos e as emoções, de tudo um pouco se encontra nestes testemunhos, por vezes duros e difíceis, de gente que aplanou o terreno para que hoje fossemos mais livres e mais felizes. Quando algumas destas mulheres viram escrito o seu relato e desenhado o seu retrato, exclamaram: “Quando eu contava aos meus como tinha sido a minha…
  • Associativismo Livre Quick View
    • Associativismo Livre Quick View
    • Associativismo Livre

    • 19.90
    • Adicionar
    • ,
    • Associativismo Livre - Uma História de Fraternidade e Progresso Joana Dias Pereira Almedina 2020 | 9789724087252 | 308 pp. Este livro resulta de um estudo sobre a emergência do associativismo popular em Portugal. A análise, que se inicia no período histórico de 1834, pretende iluminar a longa história da emergência, desenvolvimento e estruturação do movimento associativo contemporâneo, desde os seus primórdios, na alvorada do Liberalismo, até ao golpe militar de 28 de maio de 1926, um acontecimento que marca uma dramática inflexão num percurso coletivo marcado pela fraternidade e o progresso social. Não descurando as suas diferentes heranças, esta obra pretende destacar o papel do associativismo na organização das camadas populares não só para dar resposta a diferentes necessidades comuns, mas também para discutir e propagar propostas de reforma social dirigidas ao poder político.
  • O Homem em Busca de um Sentido Quick View
    • O Homem em Busca de um Sentido Quick View
    • O Homem em Busca de um Sentido

    • 14.50
    • Adicionar
    • Viktor E. Frankl Lua de Papel 2012 | 9789892319919 | 160 pp. Nos seus momentos de maior sofrimento, no campo de concentração, o jovem psicoterapeuta Viktor E. Frankl entregava-se à memória da sua mulher - que estava grávida e, tal como ele, condenada a Auschwitz. Conversava com ela, evocava a sua imagem, e assim se mantinha vivo. Quando finalmente foi libertado, no fim da guerra, a mulher estava morta, tal como os pais e o irmão. No entanto, ele alimentara-se de outro sonho enquanto estava preso, e, este sim, viria a realizar-se: projetava-se no futuro, via-se a falar perante um público imaginário, e a explicar o seu método para enfrentar o maior dos horrores. E sobreviver. Viktor E. Frankl sobreviveu. E até morrer, aos 92 anos, divulgou por todo o mundo o método desenvolvido no campo de concentração - a Logoterapia. O psicoterapeuta descobriu que os sobreviventes eram aqueles que criavam para si próprios um objetivo, que encontravam um sentido futuro para…
  • História do Mundo em 12 Mapas Quick View
    • História do Mundo em 12 Mapas Quick View
    • História do Mundo em 12 Mapas

    • 32.90
    • Adicionar
    • Jerry Brotton Edições 70 2019 | 9789724421216 | 636 pp. Ao longo da história, os mapas têm sido fundamentais para moldar a nossa visão do mundo e o lugar que nele ocupamos. Longe de serem objetos puramente científicos, os mapas do mundo são inevitavelmente ideológicos e subjetivos, intimamente ligados aos sistemas de poder e à autoridade de determinados tempos e lugares. Os cartógrafos não representam simplesmente o mundo, também o constroem a partir das ideias da sua época. Neste livro brilhante, Jerry Brotton examina o significado de 12 mapas - desde as representações quase místicas da Antiguidade até as imagens provenientes de satélites muito recentes. O autor recria vividamente os ambientes e as circunstâncias em que cada um dos mapas foi feito, mostrando como cada um transmite uma visão altamente individual do mundo. Brotton mostra como cada um dos seus mapas influenciou e refletiu os eventos contemporâneos e como, considerando as suas subtilezas e omissões, podemos compreender melhor o mundo que os…
  • Uma História Radical do Mundo Quick View
    • Uma História Radical do Mundo Quick View
    • Uma História Radical do Mundo

    • 29.90
    • Adicionar
    • Neil Faulkner Edições 70 2020 | 9789724421766 | 652 pp. A história é uma arma. Os poderosos têm uma versão dos acontecimentos, o povo tem outra. Só podemos aspirar a mudar o futuro se compreendermos como é que o passado foi forjado. Esta é uma história de lutas, revoluções e transformações sociais: de homininis, caçadores e pastores; de imperadores e escravos; de patriarcas e mulheres; de ricos e pobres; de ditadores e revolucionários. Dos antigos impérios da Pérsia e de Roma até à Revolução Russa, à Guerra do Vietname e à crise financeira de 2008, esta é uma história de ganância e de violência, mas também de solidariedade e de resistência. Várias vezes no passado se fez sentir a necessidade absoluta de criar uma sociedade diferente. Os humanos sempre se empenharam em criar uma vida melhor. Esta história mostra que nós, a maioria, temos o poder de mudar o mundo.
  • Os «Pretos do Sado» Quick View
    • Os «Pretos do Sado» Quick View
    • Os «Pretos do Sado»

    • 16.00
    • Adicionar
    • ,
    • Os «Pretos do Sado» – História e Memória de uma Comunidade Alentejana de Origem Africana (Séculos XV) Isabel Castro Henriques Colibri 2020 | 9789896899967 Nos finais do século XIX, José Leite de Vasconcelos registava a presença de uma comunidade de origem africana instalada na região alentejana do Vale do rio Sado. Retomando a questão em 1920, Vasconcelos chamou a atenção para as múltiplas fórmulas que eram utilizadas para designar esses homens e mulheres de pele escura que seriam descendentes de africanos escravos ou livres, ali instalados há séculos, sem que se conhecesse a origem dessa instalação: «Pretos do Sado», «Carapinhas do Sado», «Atravessadiços», «Mulatos do Sado». Constituindo um grupo singular pela sua permanência secular e pela sua especificidade física no espaço alentejano, os «Pretos do Sado» definiam-se igualmente pelo desinteresse da comunidade científica perante a necessidade de esclarecer a sua existência histórica. Este estudo pretende dar a conhecer a história de homens e de mulheres oriundos do continente africano, trazidos como escravos…
  • O Cinema Não Morreu Quick View
  • Intervir na Paisagem Quick View
    • Intervir na Paisagem Quick View
    • Intervir na Paisagem

    • 15.00
    • Adicionar
    • Fernando Sanos Pessoa Argumentum 2018 | 9789898885012 “A construção das paisagens é tão antiga quanto o homem neolítico e a criação dos jardins terá antecedido a própria agricultura” — refere Fernando Santos Pessoa na introdução deste seu livro, recheado de conceitos e ideias em volta das quais propõe inúmeras reflexões, através de uma escrita sábia e desafiante. A obra contém 33 textos escritos em períodos diferentes e organizados em cinco áreas temáticas: Ecologia e Ambiente; Paisagem e Arquitectura Paisagista; Ambiente e Qualidade de Vida; Cultura e Ambiente; e Política. É um conjunto muito rico e diversificado que aborda questões centrais no âmbito do Ambiente, da Ecologia, da Paisagem, e das políticas ambientais, matérias tratadas de uma forma simples e esclarecedora. O autor partilha a sua sabedoria, adquirida numa vasta actividade profissional, propondo argumentos que convidam a sociedade civil a desenvolver a sua consciência cívica e a vontade de participação de todos nós. Num momento em que o País se confronta com a…
  • Sobre o Bom Uso do Chá e das Especiarias na Ásia Quick View
    • Sobre o Bom Uso do Chá e das Especiarias na Ásia Quick View
    • Sobre o Bom Uso do Chá e das Especiarias na Ásia

    • 13.00
    • Adicionar
    • ,
    • Jean Chardin Livros de Bordo 2019 | 9789895455409 «Fui para a Ásia para me cultivar, e disso tenho feito o meu capital, sem nunca negligenciar o conhecimento dos países e das pessoas que visitava.» Jean Chardin, viajante-comerciante, por moto próprio, parte no final do ano 1677 para a Índia onde fica até 1680. Além do registo das vivências do dia a dia, Jean Chardin regista as propriedades, os métodos de uso e os preços das principais drogas e especiarias asiáticas, enquanto tece considerações sobre os seus usos e por que razões. Uma viagem cultural cheia de sabores e aromas que passa desde a gastronomia até à farmacopeia da Ásia.
  • Elogio da Dúvida Quick View
    • Elogio da Dúvida Quick View
    • Elogio da Dúvida

    • 15.90
    • Adicionar
    • Victoria Camps Edições 70 2021 | 9789724423944 |186 pp. Aprender a duvidar implica distanciar-nos do consabido e pôr em questão os lugares comuns e os preconceitos, questionar o inquestionável. Num tempo de extremismos, antagonismos e confrontações como o que vivemos, urge antepor a dúvida às reações viscerais, aproveitadas pelos movimentos populistas para fazer crer que há soluções simples e definitivas para os problemas com que nos deparamos, por mais complexos que sejam. A dúvida é o primeiro movimento da crítica, da deliberação, do exame a nós próprios. A dúvida desassossega, provoca, compromete, estimula. É um antídoto contra a busca de refúgio em soluções utópicas. Elogio da Dúvida, da filósofa espanhola Victoria Camps, percorre as vicissitudes da dúvida ao longo da história do pensamento - nestas páginas ecoam Platão, Aristóteles, Descartes, Espinosa, Hume, Montaigne, Nietzsche, Wittegenstein, Russell, Rawls e tantos outros que não se conformaram com as certezas que herdaram -, e fá-lo de forma acessível a um vasto público, sem renunciar ao…
  • Pensar depois no caminho Quick View
    • Pensar depois no caminho Quick View
    • Pensar depois no caminho

    • 16.00
    • Adicionar
    • ,
    • Alberto Pimenta Edições do Saguão 20118 | 9789899994423 | 212 pp. tantas combinações matanças dia e noite tão ricas e ousadas quantas maravilhas é assim mesmo a cabeça humana criação científica de riqueza sem a qual a vida é pobre e criação contínua de pobreza sem a qual falta tema
  • Zombo Quick View
    • Zombo Quick View
    • Zombo

    • 13.00
    • Adicionar
    • ,
    • Alberto Pimenta Edições do Saguão 2019 | 9789899994478 Ilustração da capa de Jules Garnier para o livro Les jeux du cirque et la vie foraine, 1889, Hugues Leroux. Ilustração da contracapa retirada de Anatomy, Physiology, and Hygiene 1890, Charles Henry May.
  • Contos Bravios Quick View
    • Contos Bravios Quick View
    • Contos Bravios

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Emilia Pardo Bazán Sistema Solar 2020 | 9789898833525 Uma insolente presença feminina nas letras espanholas do século XIX. Uma herdeira das lições do contista Guy de Maupassant. A condessa de Pardo Bazán foi uma incansável contista, lembrada muitas vezes como o Guy de Maupassant espanhol - de quem colheu, por certo, uma proveitosa lição oficinal. Não pelo estilo, que é exemplo forte de uma vocação castiça, mas pela «velocidade» e pela arte de saber transformar singelas anedotas da vida real em factos literários. O número dos seus contos ainda hoje não é dado como certo, e a sua biógrafa Eva Acosta chega a supor que, reunidos os ainda dispersos por jornais sul-americanos, poderão chegar a seiscentos. […] Hoje deixou de ser controversa. É considerada uma importante e singular figura das letras espanholas, a dominar a sua corrente realista e no fim da vida a temperá-la com diferenças sopradas pelo modernismo. E se a Corunha lhe fez um monumento vistoso no jardim de…
  • Doze Fronteiras — A raia luso-espanhola percorrida em toda a sua extensão Quick View
    • Doze Fronteiras — A raia luso-espanhola percorrida em toda a sua extensão Quick View
    • Doze Fronteiras — A raia luso-espanhola percorrida em toda a sua extensão

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Joaquim M. Palma Sistema Solar 2020 | 9789899006461 | 120 pp. Ecoando na esteira de todos os passos do viajante fronteiriço, um verso do poeta José Tolentino Mendonça: «Não ames viagens que reduzam a estranheza». Realidades humanas e paisagísticas emudecedoras existentes nos confins dos dois países ibéricos, culturas ancestrais remotas engolidas pelos buracos negros da desolação e abandono numa galáxia rural já nos umbrais do não-retorno, beleza intemporal frágil, marcas predatórias ferozes — eis algumas das faces de uma geografia precária e em fuga encontrada durante uma sentida viagem ao longo da fronteira entre Portugal e Espanha. Ecoando na esteira de todos os passos do viajante fronteiriço, um verso do poeta José Tolentino Mendonça: «Não ames viagens que reduzam a estranheza». E estranheza houve. Ou não fosse a linha de fronteira ela própria já uma coisa estranha. O livro que o leitor tem neste momento entre mãos não foi concebido para uso turístico. Não tem mapas com a indicação de pontos de…
  • Os meus Oscar Wilde Quick View
    • Os meus Oscar Wilde Quick View
    • Os meus Oscar Wilde

    • 14.00
    • Adicionar
    • ,
    • André Gide Sistema Solar 2020 | 9789898833549 | 152 pp. «Toda a verdade deixa de sê-lo, desde que haja mais do que uma pessoa a acreditar nela.» Uma das companhias preferidas de Oscar Wilde era lorde Alfred Douglas (que viria a ser Bosie na linguagem do seu afecto), rapaz de vinte e um anos, estudante no Magdalen College de Oxford com uma qualidade poética que os elogios de Wilde sobrevalorizavam, terceiro filho de um marquês grosseiro e brutamontes, de seu nome Queensberry. Wilde conheceu esse jovem na sua própria casa de Tite Street, apresentado por Lionel Johnson, um amigo que o trazia, encantado com uma recente leitura de Dorian Gray. «Depois de trocadas as habituais cortesias», veio Alfred Douglas a escrever, «Wilde mostrou-se muito amável e falou imenso. Antes de eu me retirar convidou-me para almoçar ou jantar com ele no seu clube — convite que aceitei.» Esta amizade intensificou-se. Wilde e Bosie começaram por fazer duas viagens juntos (uma a Florença,…
  • Garganta de aço Quick View
    • Garganta de aço Quick View
    • Garganta de aço

    • 20.90
    • Adicionar
    • ,
    • Garganta de aço - Contos completos I Mikhail Bulgakov E-Primatur 2020 | 9789898872388 | 432 pp. A faceta mal conhecida do grande clássico moderno russo. Entre nós Bulgakov é sobretudo conhecido pelo romance Margarida e o Mestre, uma vez que ao público português chegou apenas uma pequena parte de uma obra tão vasta quanto notável. A ficção curta de Bulgakov reflecte o espírito do seu tempo, bem como o país natal do escritor. No entanto, o registo destes contos, em grande parte inéditos em língua portuguesa, oscila entre as correntes de tradição clássica e as grandes vanguardas literárias internacionais.  Nos dois volumes que irão reunir a ficção curta completa de Bulgakov, os contos serão apresentados por ordem cronológica de publicação, revelando assim ao leitor o próprio percurso literário que o autor trilhou.  Estas breves narrativas são o retrato de uma Rússia envolta num turbilhão político e social, mas também numa febre de novas ideias e de escolas literárias ou artísticas. Os contos…
  • O Livro dos Abraços Quick View
    • O Livro dos Abraços Quick View
    • O Livro dos Abraços

    • 17.50
    • Adicionar
    • ,
    • Eduardo Galeano Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083177 | 288 pp. «Eu escrevo para aqueles que não me podem ler. Os de baixo, os que esperam há séculos na fila da história, os que não sabem ler ou não têm como.» Escrito no exílio e ilustrado pelo autor, O Livro dos Abraços reúne memórias e sonhos, fábulas que entrelaçam o real e o fantástico, crónicas indeléveis das trivialidades, das gentes e dos seus costumes, da política e dos seus mártires, do amor, da guerra e da paz. Fragmentos que celebram a diversidade, têm na memória do autor o seu fio condutor: «Recordar: do latim re-cordis, voltar a passar pelo coração.» Com uma extraordinária capacidade descritiva e um comovente pendor poético, escrevendo numa simplicidade desarmante, Eduardo Galeano dá voz aos amordaçados e estende um longo abraço aos resistentes – amaldiçoados pela economia, afugentados pela polícia, esquecidos pela cultura. O Livro dos Abraços é uma história alternativa da América Latina contada pelo mestre da narrativa breve, numa síntese…
  • Dias e noites de amor e de guerra Quick View
    • Dias e noites de amor e de guerra Quick View
    • Dias e noites de amor e de guerra

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Eduardo Galeano Antígona - Editores Refractários 2019 | 9789726083399 | 328 pp. O sistema que programa o computador que alarma o banqueiro que alerta o embaixador que janta com o general que adverte o presidente que intima o ministro que ameaça o director-geral que humilha o gerente que grita ao chefe que abusa do empregado que despreza o operário que maltrata a mulher que bate no filho que pontapeia o cão. Obra nascida da repressão no Uruguai, escrita durante o exílio do autor, Dias e Noites de Amor e de Guerra (1978, Prémio Casa de las Américas) é um poderoso testemunho do quotidiano em tempos de fascismo, da máquina do medo que silencia os povos e da coragem de quem recusou calar-se. Os contos e as crónicas de Eduardo Galeano são um espelho da sua própria vida: belos mas assombrosos, heterogéneos mas nunca dispersos, une-os a urgência da memória, a vontade de cristalizar os dias intermináveis e as noites em claro de quem, entre…
  • Mendigos e Altivos Quick View
    • Mendigos e Altivos Quick View
    • Mendigos e Altivos

    • 18.00
    • Adicionar
    • ,
    • Albert Cossery Antígona - Editores Refractários 2020| 9789726083726 | 272 pp. «Quando os funcionários do Governo abriram as urnas, notaram que na maioria dos boletins de voto estava escrito o nome Bargute. Ora os ditos funcionários não conheciam tal nome, que não figurava na lista de nenhum partido. Inquietos, logo se puseram à cata de informações; e acabaram por saber, pasmados de todo, que Bargute era o nome dum burro por quem toda a gente da aldeia nutria muita estima, por via da sabedoria do animal. É claro, não foi eleito. Estás tu a ver, um burro de quatro patas! O que eles queriam, lá os do Governo, era um burro só de duas patas.» Mendigos e Altivos, romance de 1955, é considerado a obra--prima de Albert Cossery, e foi objecto de três adaptações: duas ao cinema e uma em banda desenhada. Mendigo por decisão própria, Gohar, ex-professor universitário de Literatura e Filosofia, conduz-nos, através das ruas do Cairo e das ciladas…
  • Walden ou a vida nos bosques Quick View
    • Walden ou a vida nos bosques Quick View
    • Walden ou a vida nos bosques

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Henry David Thoreau Antígona - Editores Refractários 2017 | 9789726081067 | 366 pp. «Thoreau, íntimo com os quadrúpedes, os peixes, as aves e os répteis, tem para contar singulares aventuras amáveis episódios com estes inferiores irmãos dos mortais. Do mesmo modo, as ervas e as flores, quer cresçam nos jardins ou nos bosques, são seus amigos. Dá-se também intimamente com as nuvens, podendo até contar-nos os portentos das tempestades. Uma sua feição característica consiste em mostrar grande veneração pela memória das tribos índias, cuja vida silvestre lhe teria convido às mil maravilhas; e, caso estranho, raramente percorre um campo lavrado sem nele desencantar a ponta duma flecha duma lança ou outras relíquias dos peles vermelhas, como se o espírito destes o tivesse escolhido a ele para herdeiro da sua simples riqueza.» Nathaniel Hawthorne
  • Maçãs silvestres e cores de outono Quick View
    • Maçãs silvestres e cores de outono Quick View
    • Maçãs silvestres e cores de outono

    • 14.50
    • Adicionar
    • Henry David Thoreau Antígona - Editores Refractários 2016 | 9789726082811 | 168 pp. A beleza e a verdadeira riqueza são sempre assim, baratas e desprezadas. O paraíso poderia ser definido como o lugar que os homens evitam. A par dos seus textos políticos mais interventivos, Henry David Thoreau celebrizou-se no Nature writing , com escritos telúricos em que a Natureza e a sua sagacidade dão azo a reflexões e inevitáveis comparações com a existência humana. E, no ocaso da vida, o autor polia com esmero os dois breves ensaios aqui reunidos, publicados postumamente em 1862, na revista The Atlantic Monthly . Em Maçãs Silvestres , o leitor depara com um poético catálogo de espécies, que celebra as virtudes destes humildes frutos, capazes de brotar estoicamente nos recantos mais esquecidos dos bosques. Triunfo do natural e do autêntico sobre tudo o que é civilizado, neles se revê inevitavelmente Thoreau, eterno paladino de salutares despertares anímicos. Cores de Outono é uma ode a esta estação, um hino a matizes e cambiantes da…
  • Moda e Feminismo em Portugal Quick View
    • Moda e Feminismo em Portugal Quick View
    • Moda e Feminismo em Portugal

    • 19.90
    • Adicionar
    • Cristina L. Duarte Temas e Debates 2017 | 9789896444648 Diz-me o que vestes, dir-te-ei quem és. A moda como fenómeno social e laboratório dos géneros. «Este trabalho tem como objectivo analisar sociologicamente o fenómeno da moda: identificar os valores associados ao vestuário, as representações de si e a socialização, bem como a ruptura e/ou continuidade, expressas pelos modos e maneiras de vestir, e o poder inerentes a certos itens de roupa, que podem significar também opressão, constrangimento ou insegurança. Ao falarmos sobre mulheres, roupa e sociedade, lançamos um novo debate sobre feminismos, e identificamos o poder dado pelo vestir ao longo de momentos-chave da mudança social e política do século XX. Na nossa abordagem, a sociedade portuguesa surge retratada pela voz de 23 mulheres, participantes em três momentos principais: durante o Estado Novo, 25 de Abril e após 1974.» Da Introdução «Utilizar a simbologia do termo espartilho para analisar a relação entre moda e género não só prima pela originalidade como traz…
  • Uma História do desejo feminino Quick View
    • Uma História do desejo feminino Quick View
    • Uma História do desejo feminino

    • 17.70
    • Adicionar
    • Carol Dyhouse Quetzal 2018 | 9789897224485 Desde os sonhos com príncipes encantados e com impetuosos heróis militares até ao poder de atração exercido por homens estranhos, misteriosos, ou por amantes vampiros; desde estrelas pop e rebeldes a homens em quem podemos confiar, bons companheiros e dedicados à família - a historiadora Carol Dyhouse serve-se do cinema, da literatura e do romance popular para mostrar como a mudança de posição das mulheres na sociedade (através da educação e da independência económica) alterou os seus sonhos e acabou por mudar o mundo. E reflete sobre a história das mulheres enquanto consumidoras influentes, sobre a natureza da fantasia e do desejo, levando-nos numa viagem pelo mundo do feminino e da imaginação sexual.
  • Solaris Quick View
    • Solaris Quick View
    • Solaris

    • 16.00
    • Adicionar
    • ,
    • Stanislaw Lem Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083962 | 272 pp. O Homem partiu em busca de outros mundos, de outras civilizações, sem conhecer inteiramente os seus próprios recantos, os seus becos sem saída e abismos, e sem saber o que está por detrás das suas portas negras. Em tradução directa do polaco, Solaris (1961) é uma das obras de ficção científica mais complexas e filosóficas, e consagraria Stanisław Lem (1926-2006) como autor de culto. Publicado em Varsóvia, em pleno regime comunista, e adaptado ao cinema por Andrei Tarkovski, em 1972, e Steven Soderbergh, em 2002, é dominado por um imenso e enigmático oceano planetário, capaz de controlar as emoções e as memórias de exploradores à beira da loucura, isolados numa estação espacial. Neste romance psicológico sobre a incomunicabilidade, a angústia face ao insondável e a incapacidade humana de lidar com o desconhecido sem causar destruição, Stanisław Lem leva-nos a um planeta distante para revelar os eternos abismos e buracos negros…
  • A Senhora do Lago – Parte 1 Quick View
    • A Senhora do Lago – Parte 1 Quick View
    • A Senhora do Lago – Parte 1

    • 16.00
    • Adicionar
    • Andrzej Sapkowski Saída de Emergência 2020 | 9789897732225 | 336 pp. A saga que deu origem à série The Witcher. Depois de ser perseguida e de escapar por pouco à morte, Ciri atravessa um portal na Torre da Andorinha que a leva a um mundo completamente diferente… a Terra dos Elfos. É um local onde o tempo parece não existir e em que o regresso a casa se revela impossível. Afinal, não existem fronteiras ou portais que a devolvam ao seu mundo. Mas esta é a criança da profecia e ela não poderá ser derrotada. Sob o domínio do elfo Avallac’h, Ciri terá de escolher a forma como quer alcançar a liberdade. Conseguirá a jovem decidir a tempo de salvar os seus companheiros?
  • A Senhora do Lago – Parte 2 Quick View
    • A Senhora do Lago – Parte 2 Quick View
    • A Senhora do Lago – Parte 2

    • 16.00
    • Adicionar
    • Andrzej Sapkowski Saída de Emergência 2020 | 9789897733406 | 288 pp. A saga que deu origem à série The Witcher. Prisioneira do elfo Avallac’h, Ciri tem de decidir se aceita dar ao rei dos Amieiros um filho para assim poder alcançar a liberdade. Cansada de fugir, a jovem percebe que encarar o seu destino é a única  forma de salvar aqueles que ama. Geralt de Rivia e os seus companheiros chegam finalmente ao castelo de Stygga. Para proteger Ciri e Yennefer, o bruxo vê-se obrigado a enfrentar novamente o terrível feiticeiro Vilgefortz. E, para piorar, o mundo continua mergulhado em guerra…
  • Paper Girls 1 Quick View
    • Paper Girls 1 Quick View
    • Paper Girls 1

    • 10.17
    • Adicionar
    • ,
    • Brian K. Vaughan e Cliff Chiang Devir Nas primeiras horas a seguir ao Halloween de 1988, quatro raparigas de 12 anos distribuidoras de jornais, descobrem a mais importante história de todos os tempos. Nesta série, de êxito estrondoso, sobre nostalgia, primeiros empregos e os últimos dias da infância, colidem o drama suburbano e os mistérios sobrenaturais.
  • Uma História Popular do Futebol Quick View
    • Uma História Popular do Futebol Quick View
    • Uma História Popular do Futebol

    • 20.00
    • Adicionar
    • Mickael Correia Orfeu Negro 2020 | 9789898868909| 472 pp. Este livro é um convite à descoberta do que há de subversivo no futebol e um desafio ao interesse por todas e todos aqueles que dele fizeram uma arma de emancipação. O futebol não pertence apenas ao domínio do business. UMA HISTÓRIA POPULAR DO FUTEBOL relata-nos os episódios em que o desporto-rei esteve ao serviço das lutas contestatárias. Dos jovens operários de bairros pobres aos movimentos anti-coloniais e feministas, passando pela história das subculturas do futebol, dos hooligans ingleses aos Ultras na Primavera Árabe, este é um jogo de resistência à ordem estabelecida.
  • Desvio Quick View
    • Desvio Quick View
    • Desvio

    • 18.90
    • Adicionar
    • Ana Pessoa e Bernardo P. Carvalho Planeta Tangerina 2020 | 9789898145970 | 200 pp. É verão. Os pais foram de férias. Os amigos também. A namorada pediu-lhe um tempo. Miguel tem a casa só para si. Vê televisão, joga computador, lê o livro de código. O mundo parece suspenso no meio do calor. “Tudo o que quero é que nada aconteça. Que tudo permaneça como está. O planeta muito quieto. Com a sua lei da gravidade, as suas regras de trânsito.” Onde irá dar este desvio? Pela primeira vez juntos numa novela gráfica, Ana Pessoa e Bernardo P. Carvalho não se desviam nem um centímetro da qualidade a que já nos habituaram. Recomendado para leitores maiores de 14 anos.
  • Tratado de Tordesilhas Quick View
  • Monstro do Mar Quick View
    • Monstro do Mar Quick View
    • Monstro do Mar

    • 15.90
    • Adicionar
    • André Garcia Pimenta Edição de autor 2016 | 9789899904323 Constrói um divertido teatro de papel animado: Peças pré-cortadas para destacar 12 páginas de instruções detalhadas Montagem simples, apenas necessita de cola.
  • Avó sarilho: a estrela da festa Quick View
    • Avó sarilho: a estrela da festa Quick View
    • Avó sarilho: a estrela da festa

    • 14.39
    • Adicionar
    • Sophy Henn Porto Editora 2020 | 9789720032577 | 192 pp. Olá! Chamo-me Jeanie e tenho 7 anos e 3/4. Uma das minhas avós é conhecida como AVÓ SARILHO. Não sei bem porque lhe chamam isso, mas quando anda por perto, acontecem coisas que acabam por se tornar um ENORME SARILHO. O meu pai diz que ela já tem idade para ter juízo. Mas ainda bem que não tem! Uma coleção deliciosa da divertida e multipremiada autora e ilustradora, Sophy Henn
  • História do Declínio e Queda do Império Romano, Vol. I Quick View
    • História do Declínio e Queda do Império Romano, Vol. I Quick View
    • História do Declínio e Queda do Império Romano, Vol. I

    • 24.90
    • Adicionar
    • Edward Gibbon BookBuilders 2020 | 9789898973214 | 624 pp. A história mais importante das transformações que afectaram uma boa parte do mundo nos últimos anos do Império romano e nos séculos que se seguiram. O livro que o jornal The Guardian elegeu como uma das cem melhores obras de língua inglesa de todos os tempos e o melhor livro de história, também em língua inglesa, demorou mais de quinze anos a ser escrito. Usando unicamente fontes primárias – textos e documentos escritos por pessoas que viviam na época dos eventos descritos – Gibbon compilou uma das histórias mais fiéis jamais escritas. O autor acompanha o percurso do Império desde o seu auge, no ano de 98 d.C., até ao ano de 1580, mais de um século depois da queda do Império Romano do Oriente. Dessa forma, estão descritas as inter-relações entre a civilização ocidental e a civilização islâmica, mas também as conquistas mongóis que chegaram ao coração da Europa. Gibbon explica de…
  • Endireita-te Quick View
    • Endireita-te Quick View
    • Endireita-te

    • 14.50
    • Adicionar
    • Rémi Courgeon Orfeu Mini 2020 | 9789898868718 | 32 pp. Adjoa, endireita-te! Em Djougou, para que uma menina cresça, põem-lhe coisas na cabeça: café, feijão, bananas, sonhos, jerricãs e até segredos difíceis de guardar. E é de dentes cerrados e cabeça erguida, como lhe ensinaram, que Adjoa nos diz como foi pesando cada objecto, cada gesto e sentimento, desde pequenina a crescida. Uma história contada em jeito poético e inusitado, que nos mostra como se podem transformar objectos de dor em actos de amor.
  • És importante Quick View
    • És importante Quick View
    • És importante

    • 14.00
    • Adicionar
    • Christian Robinson Orfeu Mini 2020 | 9789898868855 | 40 pp. Somos importantes porque existimos. E existimos em comunidade. Em casa, na escola, no mundo, todos podemos fazer a diferença. Vamos começar? Grande ou pequeno. O último e o primeiro. Lá longe ou aqui perto. És importante. Podes às vezes sentir-te só e achar que não és capaz. Mas és importante. Mesmo se caíres e tiveres de começar tudo outra vez... Christian Robinson, ilustrador de OUTRO e GASTON, envia a todas as crianças uma mensagem de amor incondicional. Não importa onde estamos e quanto temos, mas sim o espaço que criamos para sermos uns com os outros e onde todos cabemos.
  • Desde 1880 Quick View
    • Desde 1880 Quick View
    • Desde 1880

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Pietro Gotuso Kalandraka 2021 | 9789897491375 | 32 pp. «Desde 1880» é uma narrativa gráfica sem texto, ambientada numa cidade ocidental, em que o edifício de uma rua central é o cenário invariável a partir do qual se observa o correr do tempo nos últimos 140 anos, revelado não só pela indumentária dos seus transeuntes, pelos meios de transporte da época ou produtos expostos nas montras; como também pela própria História. As duas Guerras Mundiais, a pandemia da gripe de 1918, a chegada à Lua e todas essas transformações sociais decorrem sob o olhar atento de Cronos, o deus do tempo, cujo busto se encontra esculpido na fachada desse edifício, onde também se aloja uma livraria, que não resistirá ao progresso nem à dinâmica do mercado…
  • Este Alce é meu Quick View
    • Este Alce é meu Quick View
    • Este Alce é meu

    • 15.00
    • Adicionar
    • Oliver Jeffers Orfeu Mini 2013 | 9789898868893 | 40 pp. O Guilherme tinha um alce. Ele nem sempre teve um alce. O alce apareceu-lhe certo dia, e o Guilherme percebeu, mas percebeu logo, que aquele alce ia ser seu. Decidiu chamar-lhe Marcel e ensinar-lhe todas as regras que um bom animal de estimação deve conhecer. Regra nº 7: NÃO SE AFASTAR MUITO DE CASA. Regra n.º 11: PROVIDENCIAR ABRIGO PARA A CHUVA. Mas o obstinado Marcel, com o seu especial apetite por maçãs, não estava nada para aí virado… Regressa aos pequenos leitores portugueses a mais esperada história de amizade entre um menino e um alce, tão hilariante quanto intemporal. MELHOR LIVRO na CATEGORIA JÚNIOR | IRISH BOOK AWARDS 2012
  • Capitão Rosalie Quick View
    • Capitão Rosalie Quick View
    • Capitão Rosalie

    • 12.90
    • Adicionar
    • Timothée de Fombelle e Isabelle Arsenault Orfeu Mini 20220 |  9789898868800 | 72 pp. Corre o ano de 1917. Rosalie é uma menina de cinco anos e meio. O pai está longe, em combate, e a mãe trabalha na fábrica. Rosalie passa o dia na escola dos rapazes crescidos. É a menina que não faz nada, em quem nem sequer reparam. Mas Rosalie tem um plano secreto. É um soldado em missão. E um dia vai receber uma medalha. Capitão Rosalie é uma narrativa ficcional histórica e de tom biográfico passado durante a Grande Guerra. Para leitores de 8 anos e mais será um novo clássico que conta com as ilustrações tocantes e Isabelle Arsenault e o texto poético de Timothée de Fombelle, professor e autor premiado de literatura para jovens leitores.
  • Tímidos Quick View
    • Tímidos Quick View
    • Tímidos

    • 13.50
    • Adicionar
    • Simona Ciraolo Orfeu Mini 2021 | 9789898868923 | 32 pp. Anda aí um miúdo novo. Já deram por ele? Talvez ainda nem tenham reparado, ele não gosta nada de dar nas vistas. O Maurício é um pequeno polvo-panqueca muito tímido. Prefere ficar sossegado no seu canto, sem levantar a mínima onda. Mas se o vissem quando ele acha que ninguém está por perto, iam surpreender-se! Simona Ciraolo fala-nos sobre timidez e amizade, neste novo álbum cheio de humor e subtileza, onde as grandes descobertas acontecem quando saímos da zona de conforto.
  • Pode a subalterna tomar a palavra? Quick View
    • Pode a subalterna tomar a palavra? Quick View
    • Pode a subalterna tomar a palavra?

    • 13.00
    • Adicionar
    • Gayatri Chakravorty Spivak Orfeu Negro 2021 | 9789898868954 | 136 pp. Entre o patriarcado e o imperialismo, a figura da mulher desaparece, não apenas num puro nada, mas num violento vaivém que é a figuração da «mulher do Terceiro Mundo». Finalmente editado em Portugal, PODE A SUBALTERNA TOMAR A PALAVRA? é uma obra incontornável dos estudos pós-coloniais. O destino trágico de uma jovem indiana na cidade de Calcutá, em 1926, é o ponto de partida para uma reflexão que, em sucessivas aproximações histórias, político-económicas e ideológicas, põe a nu as estruturas de poder que impedem o acesso à palavra por quem habita a periferia.
  • Cantar Juntos 2 c/ CD Quick View
    • Cantar Juntos 2 c/ CD Quick View
    • Cantar Juntos 2 c/ CD

    • 20.00
    • Adicionar
    • Cantar Juntos 2 - Livro e CD com Canções e Rimas Editado por Associação Aprender em Parceria – A PAR Livro com CD cantar Juntos Vol. 2,  dedicado a crianças dos 3 aos 6 anos, pais e educadores, constituído por 27 canções tradicionais ou de autor e 21 rimas, com temas fundamentais para o desenvolvimento das crianças, entre os quais, a importância da amizade, consciência fonológia, a numérica, etc.  
  • Homens na Prisão Quick View
    • Homens na Prisão Quick View
    • Homens na Prisão

    • 16.90
    • Adicionar
    • ,
    • Victor Serge E-Primatur | 2020 Reinventar o mundo paga-se caro, muito caro. Inspirado, como quase todos os restantes livros do autor, na sua experiência de vida, Homens na Prisão é o relato do que aconteceu aos jovens que integravam os grupos anarquistas na França do começo do século XX. Serge, filho de expatriados russos a viver em França, fez parte desses grupos anarquistas, grupos de jovens cansados do mundo em que viviam com as suas hipocrisias e a sua corrupção. Jovens que sonhavam mudar o mundo. Serge foi preso e também sobre ele incidiu um sistema prisional decidido a vergar os homens às morais vigentes. Este romance é a história desses homens em luta contra um sistema. Anos mais tarde, Serge juntou-se aos bolcheviques e ao partido comunista. Também aí a sua vontade era mudar o mundo, também aí essa vontade lhe valeu a prisão. Este é o contexto do romance. O romance dos homens que acreditam no seu poder para transformar…
  • Clube Mediterrâneo: doze fotogramas e uma devoração Quick View
  • Drawing Rooms Quick View
    • Drawing Rooms Quick View
    • Drawing Rooms

    • 16.00
    • Adicionar
    • Rui Pires Cabral não (edições) 2020 | 9789895440092 | 112 pp. Esta é a segunda obra da chancela FORA DE COLECÇÃO da não (edições), dedicada a livros singulares. Nesta chancela serão publicadas obras fora de circulação, poesia reunida ou seleccionada, livros-objecto ou múltiplos, entre outros com características e materialização peculiares, que exploram/questionam relações texto-imagem ou o próprio suporte ‘livro’.
  • A torção dos sentidos Quick View
    • A torção dos sentidos Quick View
    • A torção dos sentidos

    • 12.00
    • Adicionar
    • A torção dos sentidos: pandemia e remediação  digital João Pedro Cachopo Documenta 2020 | 9789899006614 O que revela a pandemia sobre o mundo em que vivemos? De que modo está a transformar as nossas vidas? Como podemos e devemos posicionar-nos em termos éticos, políticos e artísticos perante estas transformações? Paulatinamente, sem que disso nos apercebamos, a pandemia e as medidas tomadas para contê-la estão a transformar as nossas vidas. Não me refiro às belas mascarilhas. Nem às restrições à mobilidade. Nem sequer às angústias com as vagas de contágio. Ou refiro-me a tudo isto, tomando-o pelo que é: um conjunto de epifenómenos. Pois o acontecimento - sobre o qual poderíamos dizer, recordando uma expressão de Nietzsche, que nos deixa atónitos, a contar «as doze badaladas vibrantes daquela nossa vivência, da nossa vida, do nosso ser» - tem outra fundura: é um abalo dos alicerces que sustentam a imaginação do próximo e do distante que revolve o sentido de tudo o que sabemos,…
  • Antígona: 40 anos + 1 Quick View
    • Antígona: 40 anos + 1 Quick View
    • Antígona: 40 anos + 1

    • 15.00
    • Adicionar
    • Antígona: 40 anos + 1 AA VV 2020 | 9789726083702 Este livro, publicado a propósito dos quarenta (e um) anos de vida de uma editora, reúne textos de colaboradores ou cúmplices da Antígona, que a ela estão ou estiveram ligados neste belo crime, e é pois uma pequena lembrança - um recuerdo afectivo, um souvenir -, um reconhecimento da participação empenhada de tantos amigos e companheiros.
  • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias Quick View
    • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias Quick View
    • Périplo pelos bares do Mediterrâneo e outras histórias

    • 13.90
    • Adicionar
    • ,
    • Ali Duaji E-Primatur 2020 | 9789898872272 | 136 pp. A mais importante novela (1935) de um dos grandes renovadores da moderna literatura árabe que antecipam, de certa forma, Kerouac ou Bukowski numa realidade completamente diferente. Inspirada numa viagem empreendida pelo grande escritor tunisino no ano de 1933, a novela que dá título a este volume relata a jornada do autor e dos seus companheiros por vários portos do Mediterrâneo. O percurso, feito maioritariamente de barco, mas também de camioneta em curtas excursões por terra, começa na travessia entre Tunes e a Córsega, e, segundo as palavras do autor, leva-o a deparar-se com «um tremendo sinal de interrogação que começa em França, passa por Itália, Grécia, Turquia e Levante, e cujo ponto é a cidade de Alexandria, a última e a mais importante desta nossa viagem». No entanto, o livro termina a narrativa deste périplo na cidade de Esmirna, na Turquia, não sendo claro por que razão o autor não quis avançar mais.…
  • Terra e Liberdade Quick View
  • Lacrau Quick View
  • Ozu Quick View
    • Ozu Quick View
    • Ozu

    • 20.00
    • Adicionar
    • ,
    • Donald Richie The Stone and The Plot 2020 | 304 pp. O primeiro grande estudo da obra de Yasujiro Ozu no ocidente e, à sua data, o mais completo. Donald Richie reconstrói cronologicamente o processo de criação do cineasta japonês, analisando primeiro a escrita do argumento, depois a fase de rodagem e, por fim, a montagem. Em cada um destes capítulos, fotogramas, fotografias de cena e de trabalho, e, acima de tudo, fotografias de argumentos e desenhos originais durante a fase de escrita ilustram as ideias de Richie.O último capítulo, filmografia biográfica, dá-nos também o retrato de Ozu enquanto ser humano. Assim “Ozu”, de Donald Richie, é a vida e obra de Yasujiro Ozu.
  • O Eremitério da Cartuxa de Évora Quick View
    • O Eremitério da Cartuxa de Évora Quick View
    • O Eremitério da Cartuxa de Évora

    • 28.50
    • Adicionar
    • ,
    • O Eremitério da Cartuxa de Évora: arquitectura e vida monástica Luís Ferro Canto Redondo 2019 | 9789895427413 Prémio Frei Bernardo Domingues O espaço de reclusão é o principal actor deste livro. No interior da cela, o monge habita uma ininterrupta liturgia. A ascese é um produto do máximo aperfeiçoamento espiritual postulado na incessante repetição da regra monástica. Este livro estabelece um diálogo próximo com a arquitectura do mosteiro de Santa Maria da Scala Coeli, interpretando a organização espacial, os muros, a métrica e a luz como os construtores do isolamento e do silêncio que possibilitam e favorecem a longa espera que pauta o ritmo da vida cartusiana.
  • Cuidar de Portugal Quick View
    • Cuidar de Portugal Quick View
    • Cuidar de Portugal

    • 14.90
    • Adicionar
    • Cuidar de Portugal - Hipóteses de Economia Política em tempos de crise José Reis Almedina 2020 | 9789724086521 | 114 pp. Estávamos conscientes da insustentabilidade crescente da Economia portuguesa, fosse pela viragem dos capitalismos para a financeirização, pela redução da capacidade da ação pública, pela submissão do coletivo ao privado ou pela tragédia das alterações climáticas. Mas o incómodo que sentíamos era confortado pela linearidade dos tempos, e pelo futuro que seria, sempre, mais ou menos conhecido. O tempo, no entanto, colapsou e caiu sobre nós de um dia para o outro. Sem tempo para que se evitassem ou minorassem os impactos. Sem aviso. Com a pandemia do coronavírus a ameaçar todos, a deixar a descoberto tantas fragilidades, e tantas fábricas paradas com sapatos apenas meio feitos, resta-nos agir.
  • Sapiens face a Sapiens Quick View
    • Sapiens face a Sapiens Quick View
    • Sapiens face a Sapiens

    • 16.90
    • Adicionar
    • Sapiens face a Sapiens - A Trágica e Esplêndida História da Humanidade Pascal Picq Edições 70 2021 | 9789724423982 | 212 A humanidade está a entrar numa fase inédita da sua evolução. Nunca como agora o seu passado lhe foi tão acessível, e nunca como agora o seu futuro foi tão insondável. Esta dupla mudança de perspetiva, com origem no início do século xxi, resulta ao mesmo tempo das revelações da paleogenética, da descoberta de novos fósseis e da revolução digital, num cenário de degradação do planeta e urbanização massiva. Conseguirá o Homo Sapiens adaptar-se às consequências fulgurantes do seu sucesso com 40 000 anos de história e à ampliação sem precedentes desse sucesso de há meio século para cá? Quanto mais bem-sucedida é uma espécie, mais a sua sobrevivência depende da forma como se adapta às consequências do seu sucesso. Ainda não há muito, várias espécies humanas habitavam a Terra, divididas em três grandes impérios: os Neandertais na Europa, os Denisovanos…
  • Boa economia para tempos difíceis Quick View
    • Boa economia para tempos difíceis Quick View
    • Boa economia para tempos difíceis

    • 22.90
    • Adicionar
    • Esther Duflo; Abhijit V. Banerjee Actual 2020 | 9789896944995 | 478 pp. Neste livro revolucionário, os economistas premiados com o Nobel, Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo, mostram como a economia, quando bem aplicada, pode ajudar a resolver os problemas sociais e políticos mais delicados dos nossos dias. Desde a imigração à desigualdade, da desaceleração do crescimento à urgência da crise climática. As ferramentas estão à nossa vista, embora muitas vezes a ideologia política nos cegue. Original, provocante e urgente, Boa Economia para tempos difíceis oferece o novo pensamento económico de que precisamos. Baseado em investigação de ponta (e em anos a testar as soluções mais eficazes para aliviar a pobreza extrema) defende uma sociedade construída na base da compaixão e respeito. Um antídoto necessário aos discursos polarizados dos nossos dias e uma luz no caminho.
  • O que resta da nossa vida Quick View
  • Rapariga, Mulher, Outra Quick View
    • Rapariga, Mulher, Outra Quick View
    • Rapariga, Mulher, Outra

    • 21.98
    • Adicionar
    • ,
    • Bernardine Evaristo Elsinore 2020 | 9789896232894 | 480 pp. Vencedor do Booker Prize 2019 Livro do Ano e Autor do Ano do British Book Awards 2020 As doze personagens centrais deste romance a várias vozes levam vidas muito diferentes: desde Amma, uma dramaturga cujo trabalho artístico frequentemente explora a sua identidade lésbica negra, à sua amiga de infância, Shirley, professora, exausta de décadas de trabalho nas escolas subfinanciadas de Londres; a Carole, uma das ex-alunas de Shirley, agora uma bem-sucedida gestora de fundos de investimento, ou a mãe desta, Bummi, uma empregada doméstica que se preocupa com o renegar das raízes africanas por parte da filha. Quase todas elas mulheres, negras e, de uma maneira ou de outra, resultado do legado do império colonial britânico. As suas histórias, a das suas famílias, amigos e amantes, compõem um retrato multifacetado e realista dos nossos dias, de uma sociedade multicultural que se confronta com a herança do seu passado e luta contra as contradições…
  • Porque Escrevo e Outros Ensaios Quick View
    • Porque Escrevo e Outros Ensaios Quick View
    • Porque Escrevo e Outros Ensaios

    • 15.00
    • Adicionar
    • George Orwell Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083931 | 160 pp. «Escrevo porque há uma mentira qualquer que quero denunciar, um facto qualquer para o qual quero chamar a atenção, e a minha preocupação inicial é ser ouvido.» Porque escreve George Orwell? Orwell escreve porque, muito antes das redes sociais e das fake news, compreende o perigo de dar rédea solta a uma mentira («Porque Escrevo»). Orwell, o autor de Mil Novecentos e Oitenta e Quatro, o criador do termo «novilíngua», escreve porque dá valor às palavras, conhece o seu poder, é sensível aos mecanismos de manipulação do pensamento por via da linguagem obscura («A Política e a Língua Inglesa», «Verdade Histórica», «Linguagem Religiosa»). Orwell, o cidadão intrínseca e fatalmente politizado, escreve porque defende que toda a arte é um gesto político, um empecilho a pretensões totalitárias, uma arma escarninha contra demagogias («As Fron-teiras entre a Arte e a Propaganda», «Literatura e Totalitarismo»). «Enquanto escrevo, seres humanos civilizadíssimos sobrevoam-me, tentando matar‑me»,…
  • Comentários sobre a sociedade do espectáculo Quick View
    • Comentários sobre a sociedade do espectáculo Quick View
    • Comentários sobre a sociedade do espectáculo

    • 12.00
    • Adicionar
    • Guy Debord Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726083658 | 96 pp. «Nunca a censura foi tão perfeita. Nunca foi permitido mentir com uma tão perfeita ausência de consequências. Pressupõe-se apenas que o espectador deve ignorar tudo, não merecer nada. Ao invés da pura mentira, a desinformação deve fatalmente conter uma certa parte de verdade, porém deliberadamente manipulada por um hábil inimigo.» Companheiro inseparável d’A Sociedade do Espectáculo, os Comentários (1988) actualizam e confirmam, ao fim de vinte anos, as teses anteriores de Guy Debord,apresentando a noção de «espectacular integrado»: um conceito global que reúne o «espectacular difuso» do american way of life e o «concentrado» dos regimes totalitários, vertido na manipulação cada vez mais sofisticada dos desejos do ser humano, operada por Estados e meios de comunicação em nome do bem oleado capitalismo moderno. Este balanço do autor, quando o espectáculo se tornara ainda mais irracional e omnipresente do que ele previra em 1967 – que passa em revista a mentira…
  • A Sociedade do Espectáculo Quick View
    • A Sociedade do Espectáculo Quick View
    • A Sociedade do Espectáculo

    • 14.00
    • Adicionar
    • Guy Debord Antígona - Editores Refractários 2021 | 9789726082224 | 144 pp. «A alienação do espectador em proveito do objecto contemplado (que é o resultado da sua própria actividade inconsciente) exprime-se assim: quanto mais ele contempla, menos vive; quanto mais aceita reconhecer-se nas imagens dominantes da necessidade, menos compreende a sua própria existência e o seu próprio desejo.» Publicada em 1967, A Sociedade do Espectáculo é a obra filosófica e política mais famosa de Guy Debord e uma análise impiedosa da invasão de todos os aspectos do quotidiano pelo capitalismo moderno. O espectáculo, segundo o autor, «uma droga para escravos» que empobrece a verdadeira qualidade da vida, é apontado como uma imagem invertida da sociedade desejável, na qual as relações entre as mercadorias suplantaram os laços que unem as pessoas, conferindo-se a primazia à identificação passiva, em detrimento da genuína actividade. O autor afirma que «quanto mais [o espectador] aceita reconhecer-se nas imagens dominantes da necessidade, menos compreende a sua própria existência…
  • Depois da Estrada Quick View
    • Depois da Estrada Quick View
    • Depois da Estrada

    • 21.80
    • Adicionar
    • Duarte Belo Museu da Paisagem 2020 | 9789895449729 | 320 pp. Depois da estrada é o relato de uma viagem entre a Serra do Larouco e os arenitos recortados da praia da Coelha, não longe de Albufeira, no Algarve. O itinerário foi feito de carro com meios reduzidos ao mínimo essencial, durante cinco dias contínuos, de sol a sol, sem qualquer desvio para abastecimento alimentar. As noites foram passadas no campo, junto à estrada. O objetivo foi percorrer paisagens que estão longe de tudo, longe das cidades, longe do mar, longe dos eixos de desenvolvimento urbano do país, longe de monumentos ou de lugares turísticos, longe de Espanha. No fundo, percorrer um Portugal pouco povoado e ir compondo um retrato dessa realidade.
  • Quatro entrevistas com George Steiner Quick View
    • Quatro entrevistas com George Steiner Quick View
    • Quatro entrevistas com George Steiner

    • 19.00
    • Adicionar
    • Ramin Jahanbegloo Editora VS. 2020 | 9789895473502 | 204 Neste volume de entrevistas, George Steiner, bem mais do que se explicar, co(implica) a vida dos seus interlocutores-leitores, segundo a melhor tradição socrática. Quer dizer, indisciplina a filosofia, devolvendo-a e revivendo-a em estado nascente, nessa praça da palavra onde a última palavra não pertence a ninguém, e reabre quotidianamente o silêncio sem fundo de onde as primeiras palavras, mas, sem dúvida, também todas as palavras primeiras, vêm. E ― fundindo até ao âmago, por exemplo, a reflexão acerca da poesia e da música e da interrogação do extermínio nazi, ou a sua polémica com as gramáticas generativas e com as paradas políticas fundamentais do nosso tempo ― fá-lo sempre em situação, sempre agora, na singularidade que a encruzilhada toma a cada instante, aberta pelo passo de quem caminha e refaz o caminho que nos ensinou a andar.
  • Ágora Quick View
    • Ágora Quick View
    • Ágora

    • 19.90
    • Adicionar
    • Ana Luísa Amaral Assírio & Alvim 2019 | 9789723721096 | 144 p. No seu mais recente livro de poesia, Ana Luísa Amaral visita diversas imagens feitas a partir de episódios bíblicos, em diálogo permanente com a Bíblia e com a arte, num conjunto de poemas belos e terríveis, comoventes e violentos. Esta edição conta com reproduções de grande qualidade, a cores. E uma conversa quase concluída,  a resposta ondulante: nunca te deixarei Para onde fores, irei também  contigo, onde habitares, farei o meu sustento Esse pacto havido  desafiando tudo: o tempo a prolongar-se quase raso da outra o lugar:  já não estrangeiro: só humano,  e da casa
  • Poemas Envelope Quick View
    • Poemas Envelope Quick View
    • Poemas Envelope

    • 16.00
    • Adicionar
    • Emily Dickinson Transcrições e fixação do texto original: Marta L. Werner e Jen Bervin Imagens fac-símiles por cortesia da Frost Library, Amherst College Edições Saguão 2020 | 9789895483105 | 100 pp. Poemas Envelope reúne um conjunto de poemas escritos por Emily Dickinson em envelopes previamente usados para correspondência, e é publicado em edição bilingue nas Edições do Saguão. Esta edição segue integralmente a da New Directions de 2016, feita de uma selecção de reproduções fac-símile (em tamanho ligeiramente menor do que os originais) dos poemas envelope de Emily Dickinson, retirados da edição completa The Gorgeous Nothings (2013). Estes poemas não são apenas escritos nos envelopes escrupulosamente guardados pela autora para reutilizar, mas têm características que resultam do suporte precário em que foram escritos e que torna a sua leitura instável, tanto quanto a sua escrita. Assim, os poemas são, com toda a propriedade, poemas envelope, e a palavra “envelope” torna-se um qualificativo, uma vez que a direcção, o corte do verso, a separação…
  • Uma questão privada Quick View
    • Uma questão privada Quick View
    • Uma questão privada

    • 15.00
    • Adicionar
    • ,
    • Beppe Finoglio Edições Saguão 2012 | 9789895483129 | 176 pp. «— Não percebes que dura há demasiado tempo? Que nos habituámos a morrer e as raparigas se habituaram a ver-nos mortos?» O romance Una questione privata foi publicado pela primeira vez em Abril de 1963, dois meses após o falecimento do autor, juntamente com Un giorno di fuoco, pela Garzanti. Embora a redacção do romance tenha começado em 1960 e continuado até finais de 1961 (conforme as testemunhas epistolares do próprio Fenoglio), a seguir a essa data não há mais referências directas do autor a esta obra, acabando por ficar inédita durante a sua vida. Sobre este romance Italo Calvino escreveu que: «O romance Uma questão privada é construído com a tensão geométrica de um romance de loucura amorosa e perseguição cavalheiresca como Orlando Furioso, e ao mesmo tempo é a Resistência tal como era, por dentro e por fora, verdadeira como jamais foi descrita, preservada durante tantos anos por memória fiel,…
  • À Tona do Vazio & Reprise Quick View
  • EMBRIAGAI-VOS Quick View
    • EMBRIAGAI-VOS Quick View
    • EMBRIAGAI-VOS

    • 18.50
    • Adicionar
    • EMBRIAGAI-VOS : antologia de poemas em prosa de autores franceses Seleção e tradução de Regina Guimarães, com prefácio e notas biográficas de Saguenail. Flop 2020 | 332 pp. A antologia é composta por textos de 24 autores, alguns dos quais nunca antes traduzidos para português: Pierre Letourneur, Évariste de Parny, Alphonse Rabbe, Prosper Mérimée, Xavier Forneret, Maurice de Guérin, Aloysius Bertrand, Jules Lefèvre-Deumier, Judith Walter, Charles Baudelaire, Isidore Ducasse, Jean Lahor, Joris-Karl Huysmans, Arthur Rimbaud, Germain Nouveau, Charles Cros, Théodore de Banville, Paul Verlaine, Éphraïm Mikhaël, Stéphane Mallarmé, Saint-Pol-Roux, Marcel Schwob, Hugues Rebell e Pierre Louÿs.
  • Itinerário da Índia por terra a este reino de Portugal Quick View
    • Itinerário da Índia por terra a este reino de Portugal Quick View
    • Itinerário da Índia por terra a este reino de Portugal

    • 14.00
    • Adicionar
    • ,
    • António Tenreiro Livros de Bordo 2020 | ISBN: 9789895455416 António Tenreiro nasceu em Coimbra por volta de 1500. Embarcou jovem para a Índia e, em 1523, prestava serviço em Ormuz quando integrou uma das embaixadas portuguesas enviadas a Tabriz na Pérsia. Ali aprendeu persa e viajou até ao Cairo por regiões controladas pelo Império Safávida e pelo Império Otomano, talvez em missão de espionagem. Regressado a Ormuz, aí residiu até 1528 quando empreendeu uma nova viagem por terra até Portugal. Três décadas mais tarde publicaria o Itinerário, relato das suas aventurosas viagens.
  • Mamute n.º 1 Quick View
    • Mamute n.º 1 Quick View
    • Mamute n.º 1

    • 10.00
    • Adicionar
    • AA VV A Mamute é uma revista trimestral de ensaios criativos e autobiográficos em formato longo, que quer contar histórias pessoais que tenham eco colectivo. Idealizada e editada por Gonçalo Mira, crítico literário do Público e autor do podcast Conduzir à Noite, a Mamute pretende “através das experiências individuais dos autores, falar de temas socialmente relevantes, partindo do particular para falar do global. Dito de outra forma, queremos contar histórias que também informem, que inquietem, que ajudem a pensar o mundo em que vivemos.” Em formato de livro de bolso e com design distintivo, o primeiro número da Mamute conta com as vozes de Nuno Catarino (a experiência de usar bicicleta como principal meio de transporte em Lisboa), Cláudia Lucas Chéu (a descoberta da sexualidade na adolescência), Seara (ocupação solidária e despejo em plena pandemia), João Pedro Azul (um pai engolido pela demência) e João Sousa Cardoso (uma viagem ao longo do rio Mississippi).  
  • George Orwell – Ensaios Quick View
    • George Orwell – Ensaios Quick View
    • George Orwell – Ensaios

    • 22.90
    • Adicionar
    • Autor: George Orwell Editora: Edições 70 Ano: 2021 | ISBN: 9789724423975 | N.º pp: 420 O Orwell ensaísta que o público português conhece, através da tradução de alguns dos seus ensaios, é essencialmente o Orwell político. Sem descurar essa dimensão incontornável do autor, a presente coletânea pretende dar a conhecer várias das suas outras facetas que frequentemente ficam esquecidas ou são menosprezada. Assim, a coletânea inclui ensaios sobre o policial, a literatura infanto-juvenil e outras manifestações da cultura de massas, bem como outros sobre a natureza, o imperialismo e as questões identitárias. Os ensaios aqui reunidos revelam a versatilidade de Orwell e as suas extraordinárias qualidades de ensaísta: o espírito de independência, o sentido crítico, a curiosidade intelectual, a perspicácia da observação, a informalidade do estilo e, acima de tudo, a sua capacidade de interrogar o mundo e de com ele dialogar, «ensaiando» explicações para tudo o que lhe suscita o interesse, do mais filosófico ao mais comezinho.  
  • Já não dá para ser moderno: seis poetas de agora Quick View
  • Desvio-me da bala que chega todos os dias Quick View
  • A liberdade é uma luta constante Quick View
    • A liberdade é uma luta constante Quick View
    • A liberdade é uma luta constante

    • 16.00
    • Adicionar
    • Angela Davis Antígona - Editores Refractários 2020 | 9789726083641 | 192 pp. Nesta selecção de ensaios, entrevistas e discursos, a célebre activista e académica Angela Davis lança uma nova luz sobre as lutas contra a violência de Estado e a opressão em vários pontos do mundo – da Palestina à África do Sul –, desmontando as estruturas do sistema capitalista (patriarcado, supremacia branca, políticas imperiais) que apenas sobrevivem perpetuando conflitos. Reflexão sobre os combates históricos do movimento negro nos Estados Unidos, o lugar central do feminismo na desconstrução das relações de poder e a abolição do sistema prisional industrial, A Liberdade é Uma Luta Constante (2015) obriga-nos a olhar para lá do nosso quintal, para os «reservatórios de esperança e optimismo» que encontramos nas colectividades resistentes. Quando dar tréguas à injustiça é multiplicar formas de submissão, Angela Davis desafia-nos a dar o exemplo, fazendo a nossa parte por um movimento global de libertação humana.